FATOS

agosto 25, 2021

O Congresso Nacional de Jornalistas de Turismo

No próximo mês de outubro, Alter do Chão, em Santarém, irá receber os jornalistas de turismo, no encontro organizado pela Abrajet – Pa. A programação está marcada para os dias 14 a 20 de outubro, onde os jornalistas especializados conhecerão a “Pérola do Tapajós”, em Santarém, no estado do Pará. Para o encontro, aproximadamente 130 profissionais entre jornalistas, repórteres e fotógrafos de diversos veículos do impresso ao mais moderno meios de comunicação, os blogs que atuam na divulgação do turístico.
Para este ano o tema será: “Roteiros sustentáveis, empreendedorismo e comunicação especializada. O Congresso Nacional de Jornalistas de Turismo em sua 37ª edição tem a assinatura da Abrajet-Nacional Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, e a Abrajet Pará.
À frente deste encontro, está à Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Pará, Abrajet Pará, que este ano completa 15 anos de existência se consolidando como importante ferramenta de divulgação do turismo e realização de eventos em favor do segmento.
Abrajet-Pará é uma das 15 seccionais que integram Abrajet Nacional, que estão juntas em prol do compromisso assumido em relação ao evento, uma vez que no último Congresso realizado na cidade de Urubici, em Santa Catarina, em 2019, a presidente da Abrajet-Pará, jornalista Christina Hayne, juntamente com o então secretário de Turismo do município de Santarém, Diego Pinho, fizeram a defesa para que
Santarém se confirmasse como cidade-sede do XXXVII Congresso Nacional da Abrajet, em junho de 2020. O êxito foi inevitável após apresentação do destino e a confirmação de que a cidade paraense estava apta a receber congressistas do brasileiro.
Para receber o XXXVII Congresso Nacional de Jornalistas de Turismo, a cidade de Santarém se prepara para apresentar atrativos que confirmam o potencial turístico tão belamente descrito e narrado por aqueles que já tiveram a oportunidade de conhecer o chamado “Caribe Brasileiro”.

O evento em questão conta com o apoio do governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Turismo do Estado do Pará (Setur) e secretário André Dias; Secretaria de Comunicação do estado do Pará (Secom), e secretária Vera Oliveira; da Prefeitura de Santarém, em atenção ao prefeito Nélio Aguiar, e por meio da Secretaria Municipal de Turismo de Santarém, e o secretário de Turismo Alaércio Cardoso; presidente da Federação de Comércio do Estado do Pará (Fecomércio), Sebastião Campos; coordenador Geral do Conselho Empresarial de Turismo do Estado do Pará (Cetur), sr Joy Colares; Secretário Regional de Desenvolvimento do Marajó, Jaime Barbosa; Associação Comercial de Santarém; presidente Aglaudene Tomé, do Conselho Municipal de Turismo de Parauapebas (Comtup); Fórum de Turismo do Estado do Pará (Fomentur) e Conselho de Turismo do Município de Belém (Comtur) e ainda o coordenador André Cunha, da Coordenadoria de Turismo de Belém, Belémtur.
A euforia toma conta da cidade, a rede hoteleira, restaurantes, comércio, profissionais do setor, a exemplo dos guias de turismo, tradutores, empresas de eventos e de transportes rodoviários e fluviais e ainda associações de artesãos, comunidades, todos, esperando os visitantes congressistas no último trimestre do corrente ano.
Entidades do terceiro setor também fortalecem o congresso de jornalistas, e a expectativa é positiva entre representantes da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav); Associação Brasileira de Organização de Eventos, Congressos e Feiras (Abeoc); Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam); Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) no Pará; Sindicato dos Diretores Lojistas do Pará (Sindilojas); Associação Búfalos do Pará (ABF) entre outros parceiros que estão se confirmando e garantindo presença.
Destaque para o município de Augusto Correa, que por meio da empresária, produtora e coordenadora do Turismo no Município, Hortência Osaqui, estará apresentando o case da fazenda Bacuri, ora representada na rota Amazônia Atlântica que reúne roteiros múltiplos e iniciativas ligando o turismo à produção (cadeia produtiva de beneficiamento de frutas da Amazônia, por exemplo); turismo Rural, cuja rota foi recentemente contemplada como a 8ª Certificada pelo Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com o Ministério do Turismo (Mtur) estará em foco.
A escolha por Santarém foi assertiva, em função do cenário exuberante que possui. Uma cidade vista do rio Tapajós, rio de cor e temperatura bem diferente do rio Amazonas, que juntos, sem se misturar, são protagonistas de um dos mais belos espetáculos que a natureza amazônica pode proporcionar a quem vem ao Pará e tem o privilégio de conhecer a “Pérola do Tapajós”, também denominada como “Caribe Brasileiro”.
Aqui, cultura e história se entrelaçam em uma das cidades mais antigas da Amazônia. Santarém, localizada no estado do Pará, possui mais de 300 mil habitantes. Fundada em 22 de junho de 1661, é uma das cidades mais antigas da região Amazônica. Em 1758 foi elevada à categoria de Vila e quase um século depois, à categoria de cidade, em 28 de outubro de 1848. Santarém está incluída no plano das cidades históricas do Brasil, por ser uma das mais antigas e culturalmente significativas para o estado do Pará. Uma terra de gente hospitaleira por tradição, de farta cultura e culinária da melhor qualidade.
A primeira fase do Congresso de Jornalistas da Abrajet se estende do dia 14 a 20 de outubro, e a segunda fase vai direcionar os congressistas para a maior ilha fluvial, a Ilha do Marajó, no período estendido de 21 a 23 de outubro.

Fonte Tereza Christina V. Hayne
Presidente Abrajet Pará
Fotos – João Ramid Abrajet Pará

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.