FATOS

maio 20, 2021

O Turismo começa a respirar

Depois de uma tempestade de problemas causados pelas pandemias (Covid e politica), o mundo dos negócios turísticos começa a tomar fôlego.

Alguns países do nosso continente que somam as pandemias mais o caos administrativos, vão continuar na decrescente situação de lamúria, numa crise sem precedente. Um exemplo vem da Argentina, o mais recente país que mostra como a população está pagando caro por um voto errado. A Argentina que antes da eleição era um dos países mais visitados da América do Sul, graças ao peronismo, entra em falência.
Na Europa, os países se preparam para reabrir as fronteiras e voltar a receber os turistas, agora em junho. A França inicia o lançamento do novo plano, que já projeta acabar com o bloqueio parcial do país. Para entrarem na França, os turistas serão obrigados a apresentar um passaporte de saúde que inclua a prova de que foram totalmente vacinados contra o vírus.

João Pessoa Secretaria de Turismo – acolhimento das pessoas com deficiência.

A Prefeitura de João Pessoa pretende tornar a capital paraibana uma referência no turismo acessível. Nesse sentido, o secretário municipal de Turismo Daniel Rodrigues, se reuniu com o presidente da AC Social – Assessoria e Consultoria para Inclusão Social, Genilson Machado Lima, oportunidade em que discutiram a viabilidade de uma série de projetos que venham beneficiar pessoas com deficiência. Um dos primeiros projetos em discussão é a construção de um Centro de Apoio ao Turismo adaptado, que deve ser instalado na praia do Cabo Branco. A reunião contou com a presença do secretário executivo, Ferdinando Lucena.
Os recursos para a construção da CAT adaptado virá da emenda parlamentar impositiva da deputada federal paraibana Edna Henrique, que vai destinar R$ 250 mil para a construção de um Espaço Turístico adaptado. O recurso proveniente do Ministério do Turismo será utilizado no projeto, que irá beneficiar a inclusão social de pessoas com deficiência.

O cômico da Pandemia

Será permitida a utilização de guarda-sóis, mesas, cadeiras, barracas e serviços de praia na extensão da orla marítima (será que fizeram um acordo com a Covid-19?)
A observação do distanciamento mínimo de dois metros e o limite de quatro pessoas por mesa, guarda-sol ou barraca, está mantida. Por outro lado, aglomeração de pessoas nas praias e calçadas, acontece. Nos transportes públicos a situação é a mesma.
Os eventos sociais ou corporativos, a exemplo de congressos, seminários, encontros científicos, casamentos, além do funcionamento de circos, cinemas e teatros com limite de 30% da capacidade do local, podendo ampliar para 50% caso utilizem áreas abertas, com distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, com o uso obrigatório de máscaras, a disponibilização de álcool 70% e a aferição de temperatura.

1ª edição da Copa Campina de Tênis de Mesa

Será realizada no dia 22 de maio a primeira edição da Copa Campina de Tênis de Mesa. O Evento acontecerá no Parque da Liberdade, a partir das 8h.
“Vamos seguir todos os protocolos de segurança para dar um novo incentivo ao Tênis de Mesa em Campina Grande. As inscrições são gratuitas e estão sendo feitas na secretaria do Parque da Liberdade”, informou Igor Duarte. Cinco categorias estarão em disputa.
“A primeira delas para atletas ranqueados, aqueles que já participam de competições. Teremos outra categoria para maiores de 18 anos e também a juvenil. A quarta categoria será a feminina aberta, para todas as idades. A última será a categoria paraolímpica, para cadeirantes”, explicou o professor Igor.
Os interessados devem procurar a secretaria do Parque da Liberdade, de segunda à sexta-feira. As inscrições podem ser realizadas no turno da manhã (entre 8h e 11h) ou no turno da tarde, das 14h às 17h.

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.