Bessa Hotel

Vez por outra, a prefeitura dá uma acertada; foi o caso do prefeito de Cabedelo quando removeu junto ao ministério público, as barracas que estavam instaladas nas areias das praias do Bessa. Os comerciantes com visão mais empreendedora, investiram em novas instalações, aproveitando as belezas locais e liberaram as areias da praia. O resultado foi surpreendente, novos empreendimentos surgiram, novos restaurantes, cervejarias e até um Hotel, esse é o estabelecimento mais presente, o Bessa Beach Hotel, onde o turista ávido pela nossa ensolarada costa procura acomodar-se. Hoje o Bessa Beach é um referencial: São 72 confortáveis apartamentos, todos equipados com TV de LCD, frigobar, ar condicionado, internet Wi-fi, ampla piscina, estacionamento, entre outras coisas. Na sua moderna instalação, não podemos deixar de informar sobre o atendimento VIP de uma equipe preparada para atender o hóspede mais exigente. Muito bem localizado, com bons restaurantes em sua vizinhança, onde a maioria tem no cardápio, frutos do mar e nossa cozinha regional, com a carne de sol servida com vários acompanhamentos.

R Á P I D A S

O aeroporto de Recife

De acordo com a Infraero, a movimentação de passageiros no aeroporto de Recife é superior aos demais terminais das capitais do nordeste. Num comparativo entre os meses de janeiro a maio de 2015 e 2017, houve um crescimento de 5,4% o que representa quase 3 milhões na movimentação de passageiros no Recife só no início deste ano. Embora sejam capitais eminentemente turísticas, tanto Salvador quanto Fortaleza tiveram queda de embarque e desembarque. Uma das razões,considerada é a quantidade de destinos de voo oferecidos, o Gilberto Freyre, tem disponivel 32 destinos, enquanto o Aeroporto Internacional de Salvador possui apenas 24. O aeroporto de Fortaleza, no Ceará, 23.

 

Recife – Ampliação das ciclovias

O Governo de Pernambuco, e a Prefeitura do Recife anunciaram medidas para tornar Recife mais bem estruturada para os ciclistas. Também será colocado em prática, um novo Bike PE, sistema de compartilhamento de bicicletas, moderno, funcional e tecnológico. Com isso Torna Recife a primeira cidade brasileira a receber esse tipo operacional. Está sendo incluído, ainda, no projeto, a ampliação das ciclovias com a programação de instalação de duas novas faixas permanentes na cidade, em Jardim São Paulo e Santo Amaro. A nova versão do Bike PE ganha uma Mais >

M O N T E V E R D E

Para quem gosta de curtir um frio gostoso nessa época de inverno, o povoado

de Monte Verde, no sul de Minas Gerais é uma boa pedida,

pois é considerada a melhor opção naquele estado.

Localizado na Serra da Mantiqueira, a 1554 metros de altitude, ele oferece, além de seu frio intenso (chegando a níveis abaixo de zero grau), uma série de atrações para os turistas, e também um clima de tranquilidade para os que preferem se deliciar com a contemplação da natureza. Fundado por imigrantes vindos da Letônia, no século passado, que trouxeram para Monte Verde os seus costumes, a sua cultura e os seus hábitos de origem, dentre os quais uma gastronomia típica e saborosa, um artesanato singular, entre outros. O povoado é um distrito do município de Camanducaia (MG) e tem vida própria, estando a 500 km de Belo Horizonte, a 167 km de São Paulo (capital), a 168 km de Itajubá e a 206 km de Campos do Jordão. Pela proximidade, o maior número de turistas que circulam por lá são paulistas. Os hotéis e pousadas (mais de 150) são estilosos, grande parte possuindo chalés com hidromassagem, lareira e instalações confortáveis para que seus hóspedes possam usufruir de uma boa Mais >

PRECISAMOS CAÇAR TURISTAS

Em matéria de políticas de turismo o Brasil parece ainda dormir em berço esplêndido, talvez ancorado no popular ditado do “hei de vencer”. Enquanto nos bastidores governamentais continua a luta desesperada entre o Ministério do Turismo e a Embratur para se saber quem se destaca com resultados positivos, assistimos a um crescimento vegetativo no trabalho para reverter as estatísticas de queda na atividade dos últimos anos. Este ano o governo resolveu transformar a Embratur em agência de promoção das exportações, destinando para esse fim um naco considerável dos recursos para oficiais do SENAI. Ou seja, somente se faz alguma coisa se dispusermos de dinheiro, muito dinheiro. Como costumava dizer o fundador da TAM, Comandante Rolim Adolfo Amaro, com dinheiro qualquer imberbe consegue fazer alguma coisa, mesmo que ela não resulte em nada. “É preciso fazer sem dinheiro “, preconizava o líder empresarial, do alto do exemplo que deu ao mercado ao transformar um pequeno táxi aéreo da cidade interiorana de Marília, São Paulo, na maior empresa aérea comercial brasileira. Embora as autoridades do turismo apregoem uma recuperação nas taxas de crescimento nas atividades no primeiro trimestre de 2017, a verdade é que deveremos ter uma taxa negativa ao longo do Mais >

FATOS

Conheça o Restaurante Mezzan, no Hotel Manaíra

O Restaurante Mezzan, o mais bem avaliado de João Pessoa no TripAdvisor, dentre os 1.759 restaurantes da cidade, acaba de fechar uma parceria com o renomado Chef Salvatore Loi. Com 32 anos de carreira, Salvatore é hoje um dos mais reconhecidos Chefs em atividade no Brasil e carrega o título de embaixador da Cozinha Italiana no País. Ele acumula uma rica bagagem e já assumiu grandes cozinhas na Itália e em Paris, além de já ter inaugurado mais de 15 casas no Brasil e passar 13 anos à frente das clássicas cozinhas do Grupo Fasano. Loi fez consultoria durante essa semana no Restaurante Mezzan e assumirá a cozinha, elaborando um novo cardápio. O restaurante está localizado a Avenida Edson Ramalho 1131 no Hotel Manaíra, destaque na hotelaria da cidade com pouco mais de 07 meses de inauguração. Além de elaboração do cardápio, escolha dos fornecedores e matéria-prima, Loi implantará serviços diferenciados e manterá uma presença constante de 03 dias por mês no restaurante Mezzan.

Cultura popular

A cada ano os festejos juninos em Campina Grande vêm se descaracterizando. O Forró está perdendo espaço para outros gêneros musicais. Este ano, houve exagero e os noticiários Mais >

CONHEÇA AS ROTAS DO ABC PAULISTA

Localizado a poucos quilômetros da cidade de São Paulo, com vastas e modernas malhas rodoviárias e acessos privilegiados com bairros da Capital que fazem divisas, o Grande ABC composto pelos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, conta com atrativos turísticos diversificados, com destaque para os históricos, culturais, educacionais, industriais e ecológicos. Estão no ABC o primeiro parque temático do Brasil, um museu do conhecimento com a única réplica de T-Rex (Tyranossaurus rex) da América Latina e também o mais moderno planetário do país. Além de uma vila do reino animal e da flora que, juntos, compõem acervos reconhecidos internacionalmente. O chocolate de Ribeirão Pires, a Rota do Peixe e o Frango com Polenta de São Bernardo do Campo e o Cambuci, tão presente em Santo André, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, formam roteiros gastronômicos para quem visita a região do Grande ABC.

ATRAÇÕES DOS MUNICÍPIOS:

SANTO ANDRÉ – VILA DE PARANAPIACABA – Patrimônio de Santo André para a humanidade, a Vila Ferroviária de Paranapiacaba foi idealizada pelo Barão de Mauá e construída por ingleses a partir de 1860 para abrigar operários da ferrovia Santos-Jundiaí. Entre os Mais >

Galante e a Locomotiva do Forró

Por Thomas Bruno Oliveira & José Edmilson Rodrigues

Galante é um dos lugares mais concorridos nas festas juninas de Campina Grande, conhecido destino turístico no coração da Paraíba. O auge da festa se dá quando o lugarejo recebe a Locomotiva do Forró (Trem do Forró) passeio turístico repleto de história e ritmos regionais, criado há 28 anos.

Distrito de Campina Grande, Galante está localizada no extremo leste da cidade, situada no alto do Planalto da Borborema, numa superfície de região com ondulações médias e suaves, de altitude que varia entre 600m e 700m. Clima semiárido, equatorial, temperatura média de 22ºC, umidade variável entre 75% e 83%, de outubro a março são os meses mais quentes e as incidências de chuvas acontecem de abril a junho. Suas encostas um dia foram permeadas por densa floresta acaatingada e nos

dias atuais a terra é trabalhada pela agricultura de subsistência e várias espécies de capins. Limita-se, ao sul com Fagundes e ao norte com a Fazenda Tatu de Baixo, a leste com o Surrão e a oeste com as terras de Tatu de

Cima, sua posição, situando-se no flanco da Serra de Bodopitá, encanta pela paisagem bucólica que se apresenta naquelas paragens. Mas por que Galante? Este Mais >

As riquezas da cultura paraibana

Como já sabemos, a fartura no Nordeste durante esse período do ano é abençoada. A chuva irriga o roçado que produz o feijão, hortaliças, a batata doce e outras culturas. Os mais precavidos armazenam em silos para enfrentar entressafra. Quem tira proveito também dessa abundância, são as criações: o porco, a galinha, o pato, o gado. Criação que após a engorda, vão servir para alimentar as famílias. Do campo vem o milho, um dos ingredientes mais usados, que oferece várias opções de pratos de sabores diferentes. É lógico que depende da habilidade da cozinheira. É a pamonha, a canjica, o mungunzá e o próprio milho assado ou cozido. Tem também o cuscuz que faz parte do cardápio diário do brasileiro o ano todo.  Para acompanhar esses pratos, há várias opções, o queijo assado, o bode cozido ou grelhado, o ovo estrelado, a carne de sol, a

galinha (de preferência a de capoeira), aquela que é criada solta no terreiro. Vir a João Pessoa nessa época do ano é não esquecer a temporada que com certeza vai ficar marcada na memória para sempre.

Estás em João Pessoa? Dê mais uma esticadinha. João Pessoa é uma cidade realmente encantadora. Além das praias, uma arquitetura de Mais >

Caminhos do Frio 2017 – O Brejo espera por você

O Brejo paraibano preserva as características arquitetônicas dos sobrados, fazendas e engenhos edificados no século passado.

A sua cozinha oferece uma culinária simples e saborosa, à base de galinha de capoeira e carne de sol, feijão de corda, jerimum, e ainda doces caseiros de dar água na boca. Como aperitivo, vai bem a cachaça de alambique, fabricada nos engenhos e fazendas da região. O cenário natural oferece muito verde com direito a rios e cachoeiras próprios para o banho, etc. Região de povo hospitaleiro que preserva as tradições de sua gente através das festas populares como São João, festa da padroeira e Caminhos do Frio, este último, já integrado ao calendário de Eventos da Paraíba, destacando-se como uma das maiores festas culturais do estado e do Nordeste. É na verdade um grande festival de arte e cultura nordestina, envolvendo atrações musicais, artesanato, culinária, exposições de produtos da região, estimulando o turismo da região e o desenvolvimento da cadeia produtiva. Venha conhecer Este ano, o roteiro da programação do Caminhos do Frio está inserida em nove cidades do Brejo paraibano. Pela sequência, iniciando em Areia, segue para Pilões, Remígio, Solânea, Serraria, Bananeiras, Matinhas, Alagoa Nova e Alagoa Grande, iniciando no dia 3 Mais >

Culturas Populares

A Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural lançou no último dia 05/06 o edital Culturas Populares Leandro Gomes de Barros. Serão premiadas 500 iniciativas que fortaleçam as expressões culturais populares brasileiras, retomando práticas populares em processo de esquecimento e que difundam as expressões populares para além dos limites de suas comunidades de origem. Exemplos dessas iniciativas são o Cordel, a Quadrinha, o Maracatu, o Jongo, o Cortejo de Afoxé, o Bumba-Meu-Boi e o Boi de Mamão, entre outros. Baseado no fundamento que a Cultura Popular para nossa vida nasce do povo, portanto, revela a vida brasileira. A literatura de cordel é um fenômeno raro no mundo, tão popular com tantos autores, que movimenta uma indústria. Segundo a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural do MinC, Débora Albuquerque, há uma preocupação da Pasta em manter viva e em preservar as manifestações culturais populares, os saberes populares e os seus mestres.

VIA ZAP

Recebi esse texto, e como nunca tinha visto um perfil com tanta realidade, não hesitei em apresentar nessa edição: Por Edson F. Nascimento – Psiquiatra e Psicoterapeuta (Ribeirão Preto – SP)

Depois de 55 anos de vida, enquanto psiquiatra, parei para refletir sobre o perfil psicológico da imensa maioria Mais >