FATOS

fevereiro 16, 2021

De portas abertas

O Brasil está entre os destinos turísticos mais procurados por estrangeiros.

Estamos de portas abertas para receber quem deseja conhecer essa terra maravilhosa e, para que isso seja viável de forma segura, empresários estão adotando medidas preventivas para evitar que haja o aumento da pandemia. O Ministério do Turismo decidiu que a entrada de turistas estrangeiros seria mediante a apresentação do comprovante da vacinação contra o coronavírus. Assim, em ofício, o ministro Gilson Machado, solicitou consulta aos demais ministérios (Casa Civil, Saúde, Justiça e Segurança Pública). Naturalmente, a proposta da Secretaria de Turismo e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu aponta o comprovante de vacinação como alternativa válida para a entrada de viajantes no País.

Rede Nord em Juazeiro do Norte

A Rede Nord de Hotéis já está operando o seu primeiro empreendimento fora da Paraíba. O grupo inaugurou recentemente o Nord Luxxor Juazeiro, em Juazeiro do Norte, no Ceará. Com população flutuante de mais de um milhão de pessoas, a cidade é considerada o maior polo econômico da região do Cariri, terceiro maior polo calçadista do Brasil e com operação de voos diários da Gol e Azul Linhas Aéreas.Além dessa nova unidade, a Nord conta com empreendimentos em João Pessoa, Campina Grande e Patos.
Para Patrícia Cantalice, diretora da Nord, a rede está investindo em um dos mercados mais promissores do interior do Nordeste, abrindo cerca de 50 vagas de empregos diretos na cidade. O Nord Luxxor Juazeiro tem uma estrutura que compreende 88 apartamentos, quatro suítes presidenciais, piscina, espaço fitness, Centro de Convenções em formato de teatro com capacidade para promover eventos para 400 pessoas, além de Praça de Alimentação e teatro.
Um dos principais diferenciais, e que é marca registrada da Nord ao investir em cultura, é a abertura da Galeria de Artes do Cariri, um espaço exclusivo para exposição e comercialização dos trabalhos dos artistas da terra. No local, serão expostos trabalhos dos artesãos de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. É uma oportunidade dos artesãos divulgarem a sua arte e comercializar os seus trabalhos.

O que encarece o Turismo

Uma empresa, seja ela qual for, é escravizada pelo serviço público através dos famigerados impostos.

Mesmo pagando-se quantias absurdas, não se tem o retorno compatível e os governos municipais e estaduais impõem os tributos, mas na hora que o cidadão precisa tem que pagar pelo serviço, ou seja, bitributação. Na saúde, temos que fazer uma reserva em dinheiro a longo prazo, ou quem pode, pagar por um plano de saúde cada vez mais caro, pois os aumentos são sempre elevados. Isso para não se correr o risco de aguardar atendimento em maca, nos corredores dos hospitais públicos.
O combustível é outro problema. Recorrer ao Procon? Não adianta. E os altos preços não são injustificáveis. Por exemplo: em R$ 100,00 de gasolina o ICMS cobrado pelo governo é de R$ 29,00; em R$ 227,00 de energia, o usuário paga quase R$ 75,00 em imposto. Nessa ordem, de tudo que se consome, ficam aproximadamente 40%, em imposição de tributos.
O Brasil é tão rico em belezas naturais, grandes capitais e o turismo perde até para o da Argentina. A resposta é: IMPOSTOS!!!

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.