FATOS

dezembro 19, 2020

O artista Chico Ferreira

O artista plástico, Chico Ferreira, é conhecido internacionalmente entre outras coisas pela criatividade e a qualidade de suas obras de arte.
Seu trabalho tem várias vertentes diversificadas em belas pinturas em telas, painéis e objetos de cerâmica.
As pinturas em tela apresentam vários temas, depende do momento de inspiração do artista, hoje, o enredo é apresentado por belos bustos estilizados de jovens, com as tonalidades em sincronia moderna que dão um charme todo especial ao trabalho.
Na cerâmica, o Francisco Ferreira (Chico), oferece opções em decoração e utilitário. A harmonia e a perfeição que dedica a seu trabalho deve-se há anos de amor a arte a cultura.
O Trabalho de Chico Ferreira não se limita ao nosso Brasil, o artista participou de varias exposições em países da América do Norte, Europa e países asiáticos. Vários colecionadores adquiriram seu trabalho, incluindo museus. O museu da china tem em sua galeria, uma belíssima peça em cerâmica.
Chico atende em seu ateliê casa, recebendo os visitantes adeptos da arte e conduzindo-os a um bate papo informal, no belo jardim de sua casa, em seguida apresentando sua oficina, onde o artista transforma a matéria bruta, como o barro, em obra de arte, criando peças raras e belíssimas. É interessante usar o nosso imaginário diante da variedade de peças artísticas, porém, a visão do artista é única, só ele é o mentor e executor de suas memórias, que o conduz a usar as mãos com tanto talento e produzir peças tão atraentes com formas e dimensões variadas. São evidentes, os aspectos sagrado e divino em algumas peças, como a imagem do Santíssimo e anjos, por exemplo.


Embora o artista seja de grande importância para a cultura de nosso estado e tenha muita influência e representação, a prefeitura não tem dado o merecido respeito à arte, a cultura, pois um bom exemplo do descaso são os painéis instalados no Viaduto do centro de João Pessoa, obra dos artistas, Chico Ferreira e Elpídio Dantas, este último, (in memoria) e na fachada da antiga prefeitura, abandonados, sem manutenção e a mercê de pichadores e do desgaste natural do tempo. Uma lástima!
Camila Ferreira, esposa do Chico, é a encarregada da parte logística das obras do artista. Contato: 3235

Museu Histórico
e Geográfico de
Campina Grande

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult), tem realizado uma série de ações nos equipamentos de cultura campinenses. O Museu Histórico e Geográfico, localizado na Avenida Floriano Peixoto, está passando por uma revitalização das áreas externas e internas deste aparelho da cultura de nossa cidade.
A secretária municipal de cultura, Giseli Sampaio, afirmou que o Museu Histórico e Geográfico de Campina Grande tem um grande valor para o enaltecimento da história da Rainha da Borborema, e abordou sobre o processo de revitalização, além da reorganização do acervo do espaço cultural.

LEI ALDIR BLANC

Romero comemora repasses pela Prefeitura de R$ 2,6 milhões

Secretaria de Cultura informa que já está concluindo pagamentos da ajuda emergencial, que variam de R$ 1 mil a R$ 30 mil.
O prefeito Romero Rodrigues, comemorou recentemente uma conquista importante: por intermediação da Prefeitura, mais de cinco mil artistas e profissionais do segmento de cultura em Campina Grande foram contemplados com a ajuda emergencial da Lei Aldir Blanc.
“No total, foram assegurados R$ 2,6 milhões para todos os segmentos que apresentaram projetos e propostas para o apoio intermediado pela Secretaria Municipal de Cultura”, informa Romero Rodrigues, destacando que o processo de repasses já está sendo concluído com sucesso.

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.