T U R I S M O MA R I A N O

outubro 18, 2019
Imagem de Nossa Senhora da Penha

O mês de outubro para nós, brasileiros, se reveste de um significado especial para o turismo religioso, movimentando milhões de católicos para venerar Nossa Senhora Aparecida a Padroeira do Brasil (SP), Nossa Senhora de Nazaré, no Círio de Nazaré em Belém do Pará e, aqui em João Pessoa, a Nossa Senhora da Penha,
Esses eventos são tradicionais e multiseculares, representando a fé do povo católico na Virgem Maria, mãe de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Salvador. A cada ano que passa essas comemorações reúnem um maior número de pessoas, movimentando o turismo religioso, que atualmente é parcela importante do turismo regional, nacional e internacional, movimentando todo o segmento com reflexos positivos para a economia.
No dia 12 de outubro deste ano se comemora 302 anos do encontro da imagem sagrada de Nossa Senhora Aparecida por três pescadores, nas águas do rio Paraíba do Sul, no estado de São Paulo. A nova e imponente Basílica, considerado o maior santuário mariano do mundo recebe anualmente mais de 12 milhões de romeiros .
Justamente por isso o santuário da Padroeira do Brasil é o principal local do turismo religioso em nosso país. Ele fica situado às margens da Rodovia Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, na cidade de Aparecida. Suas instalações são modernas e abrangentes e, além da Basílica possui amplo estacionamento,, lojas de souvenirs variadas, grande praça de alimentação, parque para crianças, oferecendo total apoio aos romeiros.
O Círio de Nazaré, que homenageia Nossa Senhora de Nazaré, considerada a Rainha da Amazônia, realiza-se todos os anos na cidade de Belém, capital do Estado do Pará. Gente de todos os lugares da região reúnem-se no segundo domingo deste mês para
venerar a Virgem de Nazaré numa tradicional procissão pelas ruas de Belém, com uma expressiva participação de mais de dois milhões de devotos. È um espetáculo grandioso e emocionante.
Aqui em João Pessoa não se faz por menos. A devoção multisecular à Nossa Senhora da Penha, com santuário na praia do mesmo nome, no litoral sul da cidade.Além das novenas, venda de lembranças, realiza-se também a parte profana com quermesses e festas populares. Sendo o ponto alto dessa comemoração à Virgem da Penha, a famosa e inigualável procissão em sua homenagem.
Tendo à frente a imagem sagrada de Nossa Senhora da Penha, a procissão é iniciada no início da madrugada, saindo da Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, na rua das Trincheiras, no centro, e segue num cortejo feito a pé, de 14 quilômetros até o santuário, passando por diversos bairros de nossa capital até a chegada na praia da Penha. A estimativa e de que participem meio milhão de pessoas vindas de todas as cidades da Paraíba e de outros estados vizinhos. O Santuário de Nossa Senhora da Penha foi fundado em 1763.

Ivan Y Plá Trevas

Jornalista

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.