Á esquerda o Morgado do São Salvador do Mundo

outubro 18, 2019

Sua fundação deu-se por recursos próprios do Senhor Duarte Gomes da Silveira, ainda nos primeiros anos de Capitania, e ao que se sabe foi o segundo templo construído no Estado, erguido por volta dos anos de 1639 e 1640, com a construção do Morgado do São Salvador do Mundo. De sua estrutura original restaram apenas o Tabernáculo, o Arco-cruzeiro e o emblema da coroa Portuguesa acima do Morgado do São Salvador do Mundo.

Formato simples, onde repousam os restos mortais de Duarte Gomes da Silveira e sua esposa. Situada no centro comercial de João Pessoa, ela pode ser encontrada sempre de portas abertas fazendo-nos um convite à reflexão e um momento de apreciação do passado bem aos nossos olhos. Nos dias de hoje, possui vínculos com a administração do Hospital Santa Isabel, e diariamente funciona com missas.

Guet Coelho

Jornalista

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.