MUNICÍPIOS TURÍSTICOS PARA OBSERVAÇÃO DE AVES NO ESTADO DE SÃO PAULO

setembro 9, 2019

O turismo paulista é completo e possui roteiros e opções para todos os gostos. Agora um segmento relativamente novo no Brasil ganha um significativo destaque no Estado de São Paulo: o turismo de observação de aves.
A observação de aves é uma atividade sustentável que tem como objetivo localizar as aves em seu habitat natural, sem interferir no seu comportamento ou no seu ambiente. É divertido, emocionante, incentiva o ir e vir em diversos destinos de São Paulo, além de estimular o tão importante contato com a natureza.
Nesta edição abordaremos alguns municípios de interesse turístico de São Paulo e que podem ser observadas diversas espécies de aves catalogadas, que seguem a seguir:

Frango D’Água Azul habitat natural de Águas de São Pedro

ÁGUAS DE SÃO PEDRO – O município é reduto de paz, tranquilidade e qualidade de vida privilegiada. O turismo é a principal atividade de cidade e conta com uma extensa área verde repleta de espécies de fauna e flora. No Parque Municipal Dr. Octávio de Moura Andrade é possível encontrar diversas áreas propicia para a observação de aves. Na cidade, é possível visitar também o SPA e Balneário Municipal, indicado para banhos terapêuticos e tratamento de dores e doenças. Em Águas de São Pedro tem 177 aves catalogadas, com destaques para o frango-d’água azul, Soldadinho, Coró-coró, Gaturamo-verdadeiro, Bacurau-Norte-americano e outros. Informações turísticas: (19) 3482-1652

Rapazinho dos Velhos, ave com seu habitat natural em Altinópolis

ALTINÓPOLIS – O município é essencialmente rico por sua natureza que se traduz nos rios, cachoeiras, grutas, na imensa área verde e por sua arte e cultura. Dentre os seus atrativos, está a GRUTA DO ITAMBÉ, uma grandiosa formação de arenito que se tornou famosa na região e o Circuito Bassano Vaccarini, que abriga obras do conhecido artista plástico que empresta o nome ao circuito.
São 269 espécies de aves catalogadas em Altinópolis, com destaques para o Urubu-rei, Tapaculo-de-coleira, Caboclinho-branco. Iraúna-grande e Barbudo-rajado. Informações turísticas: (16) 3665-9599

Bugio Ruivo, habitat do Morro do Ouro em Apiaí, que teve parte de seu bando atacado pela febre amarela

APIAÍ – Localizada na região do Vale da Ribeira, repleta de riquezas ambientais, como o PARQUE ESTADUAL TURÍSTICO DO ALTO RIBEIRA, com mais de 350 cavernas, cachoeiras, trilhas, comunidades tradicionais e quilombolas, sítios arqueológicos e paleontológicos em um dos maiores segmentos de Mata atlântica preservadas do país, além de possuir várias espécies de aves. Outro local é o PARQUE MORRO DO OURO, conhecido pela exploração do ouro que aconteceu a partir do século XVII.
São 303 aves catalogadas no município, com destaque para: Curicaca, Sabiá-laranjeira, Curruira, Gavião-carijó, Gavião-pega-macaco, Juruva, Grimpero, Corocoxó, João-de-barro, Pixoxó, Uru, Saracura, Saíra-de-sete-cores, Tico-tico, Trinca-ferro, Tucano. Informações turísticas: (15) 3552-1717

CARAGUATATUBA – Caracteriza-se pela vegetação de Mata Atlântica e belas praias. Sua diversidade em espécies de aves é rica, atraindo diversos turistas que têm a oportunidade de conhecer o PARQUE ESTADUAL SERRA DO MAR – NÙCLEO CARAGUATATUBA, com belas paisagens em matas de encosta, rios e cachoeiras. É possível se aventurar na Trilha do Jequitibá, percurso com piscina natural para banho, Trilha das Palmeiras e o Morro Santo Antônio, que conta com voo de asa delta e paraglider. São 441 espécies de aves catalogadas, com destaque para: Cuspidor-de-máscara-preta, Pintadinho, Papa-formiga-de-grota, Galinha-do-mato, Beija-flor-rajado, Tangará, e Murucututu-de-barriga-amarela. Informações Turísticas: (12) 3882-5999

Papagaio Moleiro em seu habitat de Ilhabela, onde são vistos em vários bandos

ILHABELA – Refúgio da vida selvagem em meio à Mata Atlântica preservada, Trilhas, cachoeiras, praias e muita natureza. A ave símbolo de Ilhabela é o papagaio-moleiro. O Parque Estadual Ilhabela possui ecossistemas como a Mata Atlântica, a restinga e os manguezais que abrigam centenas de espécies de mamíferos, répteis e aves, além da Estrada Parque dos Castelhanos, Parque Municipal das Cachoeiras, Trilha do Bonete, Trilha da Cachoeira da Pancada d’Água ou Três Tombos, Trilha da Cachoeira do Veloso. São 360 espécies de aves catalogadas em Ilhabela com destaques para o Papagaio-moleiro, Coruja-preta, Tucano-de-bico-verde, Araponga, Saíra-sapucaia, Pica-pau-de-cabeça-amarela, Bendito-de-testa-amarela, Saí – azul e Beija-flor-rubi.
Informações Turísticas: (12) 3896-3777/(12) 3895-7220/(12) 3894-1765 – Turismo@ilhabela.sp.gov.br
Fonte: Fundação Florestal – Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Turismo. As Fotos estão no email

Waldir Martinez

Turismo – Notícias & Destinos – mtb: 35.592-SP

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.