Pernambuco Fez Bonito

março 5, 2019

Escolhido pela primeira vez para sediar a convenção da operadora de viagens CVC, Pernambuco fez bonito na divulgação dos destinos turísticos do Estado durante o evento. Entre os dias 9 e 12 de fevereiro, diversas ações foram realizadas para surpreender os profissionais da empresa, responsáveis por venderem o Estado, em especial o destino Porto de Galinhas, o quinto do ranking da operadora.
A convenção contou com cerca de duas mil pessoas, entre franqueados da CVC do Brasil e outros profissionais de turismo. Porto de Galinhas, destino preferido dos visitantes que vêm a Pernambuco, serviu de sede para o Estado mostrar também as belezas de Recife, Olinda, Fernando de Noronha, Gravatá, Caruaru e Petrolina.
O direito do usuário da Zona Azul Artigo 37, § 6º da Constituição Federal:
“Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (…)
§ 6º – “As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado, prestadoras de serviços públicos, responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurando o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa”.
Desse modo, resta caracterizado que, uma vez em que o cidadão fez uso do estacionamento público, arcando com sua obrigação de pagar pela área azul, se encontra coberto pelo amparo estatal, sendo que caso ocorra qualquer dano ou perda do veículo, será demonstrada a má qualidade na prestação de serviço de caráter administrativo, situação que irá gerar ao Estado o dever de indenizar.
Se o Agente Público opta por instalar o estacionamento rotativo em suas vias, ele deve estar ciente de que a partir do momento em que se inicia a cobrança pelo uso do serviço, será gerado o dever de guarda pelo bem do usuário, com responsabilidade pelos danos ali ocorridos.

Por um pouco de conforto

Algumas cidades brasileiras estão adaptando jardins nas paradas de ônibus. É uma ideia bem interessante, areja o local, oferece conforto aos usuários, que em sua grande maioria tem uma vida corrida. É uma atenção das autoridades competentes. O aumento no valor da passagem, o calor, a demora e os riscos de assaltos, vem incomodando, a ponto de forçar a população a partir para outras alternativas de transportes, como a bicicleta, ou moto.
Em João Pessoa e em Campina Grande, as maiores cidades da Paraíba, não há metrô e a população não tem muita opção. Ou anda em seu próprio transporte ou no coletivo.

50 dias a toda velocidade

Pelo visto, quem votou na ultima eleição na esperança de mudança, já está comemorando. A segurança e a saúde começam a dar resultado, e na educação, finalmente, as matérias de base voltam às salas de aula.
Em Rondônia, a BR 319 que a população tanto esperava, indispensável para o escoamento da produção agrícola, está a todo vapor e com um custo 40% abaixo dos praticados anteriormente.
O Presidente da República, Jair Bolsonaro, já recebeu alta do hospital, ele precisa ter muito cuidado, pois tem gente infiltrada em seu governo com o objetivo de atrapalhar suas ações. Sobre os envolvidos na tentativa do assassinato, é hora de jogar todos os mandantes e financiadores atrás das grades.
Se o supremo não atrapalhar muito, vamos ter séries de prisões de políticos ladrões que andaram surrupiando os cofres públicos, inclusive aqui na Paraíba, políticos e empresários envolvidos com a administração pública municipal e estadual.

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.