S Í M B O L O D O T U R I S M O

dezembro 11, 2017

O Hotel Tambaú tornou-se um símbolo dos mais significativos do turismo paraibano, desde a sua inauguração, em 1971, há 46 anos. Isso porque a capital paraibana passou um período significativo sem ter onde hospedar com dignidade e conforto os visitantes que para cá se dirigiam.

Lembro-me que, ainda adolescente, em 1961, o então Presidente da República, Jânio Quadros, resolveu fazer um Encontro Regional da administração em João Pessoa e, como não existia um hotel para isso, foi convidado e aceitou ficar em uma mansão particular na praia do Cabo Branco, local em que também se realizou o evento. Outros presidentes e autoridades federais igualmente tiveram que se hospedar na nossa capital em mansões particulares, a exemplo do Presidente Castelo Branco.
Somente a visão e a ousadia do Governador João Agripino pode por um fim a isso, o que resultou no desenvolvimento de um belo e singular projeto, de autoria do arquiteto Sérgio Bernardes, que planejou o colossal Hotel Tambaú. A sua construção foi outro desafio aceito e concretizado pelo governo estadual, que levou a cabo a sua decisão.
A partir de 1971 os visitantes e os turistas tiveram um hotel para se hospedar em João Pessoa, com conforto e característica própria, da melhor qualidade. À beira-mar da ponta da praia de Tambaú, a mais badalada da orla pessoense, banhado pelas águas mornas nordestinas do Atlântico Sul, o novo hotel passou a oferecer aos que o procurava um estilo especial de acolhimento: conforto, lazer, eventos, cinema e uma visão maravilhosa do mar e da ponta do Cabo Branco.
Com o seu pleno funcionamento o Hotel Tambaú passou a ser um símbolo definitivo para o processo de desenvolvimento do turismo pessoense e paraibano. E numa outra decisão moderna e pragmática, o governo estadual de então arrendou-o à VARIG, na
época a maior empresa aérea nacional, fato que contribuiu decisivamente para que esse equipamento hoteleiro se firmasse definitivamente como um ícone do turismo em nossas plagas.
Para melhor administrar os seus hotéis a VARIG criou uma subsidiária, a Companhia Tropical de Hotéis, que até hoje cuida da gestão do Hotel Tambaú. A cidade cresceu, novos e modernos hotéis foram construídos, mas o Tambaú permaneceu firme, atualizando-se e renovando-se, o que faz com que permaneça sempre muito procurado e utilizado pelos turistas, mantendo sempre uma boa taxa de ocupação com os bons serviços prestados.
Agora no dia 7 de dezembro, os seus novos diretores Tereza Cristina e Eduardo Pereira oferecem um jantar aos associados da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, secção da Paraíba – ABRAJET-PB – em sua reunião de confraternização de final de ano. Na ocasião, eles falarão para os abrajeteanos sobre os novos planos e metas para o Hotel Tambaú, visando dar-lhe condições para que ele continue cumprindo bem a sua finalidade, como sempre tem feito.

 

 

Ivana Y Plá Trevas

Jornalista

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.