Carlos Casaes

dezembro 11, 2017

Salvador, Capital oficial do Verão

Este foi o tema com que o Prefeito de Salvador, ACM Neto, estabeleceu para o evento que programou para cerca de 500 convidados na cidade de São Paulo. O objetivo é colocar Salvador como o principal destino turístico no verão brasileiro. A SALTUR (Salvador Turismo) foi quem organizou a promoção destinada a promover o vasto e rico calendário de verão da capital baiana. Para realização do encontro com publicitários, jornalistas, artistas, representantes da comunidade turística e executivos das grandes marcas, o evento escalou Adelmo Casé como apresentador, contando com a participação artística da Banda Eva, de Cláudia Leite, Margareth Menezes e Jau.

Prefeitura investe pesado no turismo de Salvador

A Prefeitura de Salvador – leia-se o titular ACM Neto – determinou início das obras para transformar o espaço do “Aeroclube” na Boca do Rio na ARENA DA MÚSICA, para onde espera sejam deslocadas nada menos do que 2 milhões de pessoas durante o FESTIVAL DA VIRADA. Serão nada menos do que 5 dias de festas, de 28 de dezembro a 1º de Janeiro.
Quem está “rindo atoa” é a comunidade turística baiana, da Capital, com o prenúncio de “casa cheia” nos hotéis, a partir do FESTIVAL DA VIRADA. Sobretudo porque, nada menos do que 10 mil leitos na região da festa – cerca de um quarto dos 40 mil que integram as diversas unidades hoteleiras da cidade – já estão praticamente com lotação esgotada. São 68 locais de hospedagem que gravitam em torno do espaço onde ocorrerá a virada do ano.

Estrada do Chocolate implantada na Região Cacaueira

Já neste verão que se aproxima, a Bahia vai contar com uma nova atração, diante do funcionamento, a partir deste mês de Dezembro, da Rota do Cacau, com roteiro turístico que transita por fazendas de cacau da Região Sul baiana. Ilhéus, Itabuna e Uruçuca integrarão a rota do chocolate, que proporcionará aos visitantes hospedagem nas próprias unidades produtoras do fruto.
Os antigos casarões foram preparados no sentido de que não sejam apenas locais destinados à hospedagem dos visitantes, mas também espaços para a realização de eventos diversos. Na realidade, um total de 26 municípios estará integrando a Rota do Cacau, ou Estrada do Chocolate. A sua identificação, inclusive, ocorrerá através de pórticos e centros de atendimento ao turista.

Bahia vai contar com nova rede de hotéis

Com a abertura de cinco unidades na Bahia, a rede de hotéis Selina espera iniciar a sua operação no Brasil. Os locais já examinados e previstos para abrigar essas unidades na “boa terra” são Salvador, Morro de São Paulo, Trancoso, Porto Seguro e Itacaré. O grupo está imaginando abrir a primeira unidade ainda em 2018, para o que já está cuidando de formar a sua equipe de lideranças e a identificação das propriedades que deverão sediar as suas unidades.
A aplicação do modelo de negócios desenvolvidos pela rede será a terceira etapa do projeto com início dessa operação propriamente dita. Afirmam os responsáveis pelo desenvolvimento da ação que os investimentos, para cada unidade, girarão em torno de três milhões de reais. Com isto, está sendo projetada a criação de 200 empregos diretos, quando da fase de operação.

Inovação aprovada pela comunidade turística

A decisão de transferir da Praça Cayru, onde ocorreram as últimas comemorações do Reveillon soteropolitano, para a Boca do Rio, mereceu a aprovação total dos empresários e profissionais do turismo de Salvador. É que, somente com as notícias da nova programação oficial do Reveillon, as perspectivas de ocupação hoteleira já se propõe a 100%, superando todas as espectativas.
Depois de 3 anos na Praça Cayru, o Reveillon cai de “pára-quedas” no excepcional espaço da Boca do Rio, motivando o otimismo sobretudo dos hoteleiros, que têm na manifestação do Presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação,
Sílvio Pessoa, a certeza de que deverão ter casa superlotada as unidades hoteleiras que estão instaladas no perímetro entre a Pituba e Itapuã.
Sem dúvidas que a programação elaborada pela Prefeitura está causando “frisson” entre os que buscam novas atrações na “virada do ano”. É que serão nada menos do que 70 horas de shows. Com todas as atrações já confirmadas. O que está sendo considerado pelo Presidente do Conselho Baiano de Turismo, Roberto Duran, como uma das melhores festas do Reveillon no país.

Outros roteiros deverão surgir

Afirma o Secretário Estadual de Turismo, José Alves, que já estão sendo articulados novos roteiros turísticos a serem desenvolvidos na própria área. Assim, deverão acontecer, em breve, a Rota da Cana-de-açúcar bem assim a da Indústria Fumageira. O Secretário afirma que, já neste verão, a nova rota contará com o apoio de um voo semanal Congonhas/Ilhéus, com início de operação programado para o dia 16 de dezembro.

 

 

 

Carlos Casaes

Jornalista

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.