FATOS

dezembro 11, 2017

Nos tempos áureos da política Nacional

No dia 08 de novembro 1938 nascia um dos homens mais ilustres da Paraíba: Tarcisio de Miranda Burity. A memória do povo brasileiro é curta, por conveniência ou ignorância. Falam mal do período em que as Forças Armadas estavam no poder alegando “GOLPE”, mas esquecem do impulso desenvolvimentista que o Brasil recebeu na época. Foram tempos de realizações: no saneamento público, construção de estradas, a educação como prioridade, segurança efetiva, saúde de qualidade. Daí podemos afirmar: “Eu era feliz e não sabia”.
Naquele período, o Governo Estadual da Paraíba foi prestigiado com a presença do professor Tarcisio de Miranda Burity, com aprovação do então Presidente da República Ernesto Geisel, com um exemplo de administração pública, pela sua formação, o que fez pelo estado, e pelo que ficou registrado na sua administração.
Atuou em todos os campos sociais: saúde, educação, habitação (com a implantação de vários conjuntos habitacionais em todo o estado). Por ser homem de cultura elevada, a educação no estado teve uma atenção especial, com a construção do Espaço Cultural José Lins do Rego, a criação da Orquestra Sinfônica da Paraíba, promoção do Festival de Arte na cidade de Areia, criação da “Fundação José Américo”, sempre voltado a resgatar a cultura paraibana. Para a arte popular, construiu o Mercado de Artesanato Paraibano, que até hoje o mais moderno do Brasil. São ações que identificam o nível cultural do então magnífico Burity.
Para o turismo, abriu as portas para a Paraíba entrar no mercado internacional, vitalizando o litoral sul do estado com a abertura do Costa do Sol, um projeto com vários lotes com áreas para construção de complexo de grandes hotéis e resortes. Esse trabalho, infelizmente não veio a ser concluído por morosidade dos empresários e facilidades administrativas, motivos pelos quais até hoje não foi construído nenhuma unidade.
Fica assim, registrada a nossa homenagem a esse importante vulto de grande importância na história da Paraíba, Tarcisio de Miranda Buriti.

 

 

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.