PERUÍBE SEDIOU A REUNIÃO DA ABRAJET NACIONAL

junho 10, 2017

A Primeira Reunião Semestral do Conselho Nacional da ABRAJET – Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo foi realizada com sucesso em Peruíbe, município do Estado São Paulo, situado na Costa da Mata Atlântica, no período de 18 a 21 de Maio de 2017. O evento teve o literal apoio da Prefeitura de Períube, através do ínclito prefeito Luiz Maurício Passos de Carvalho Pereira, empresário de sucesso, naquela região, foi presidida pela jornalista Miriam Petrone, presidente da Abrajet Nacional, Abrajet São Paulo, e do Fórum Latinoamericano de Periodistas de Turismo.
Os jornalistas ficaram hospedados no aconchegante Peruíbe Suite Flat Hotel – www.peruibesuiteflathotel.com.br – (Rua Barão de Mauá, 330, Centro) do casal hoteleiro Eduardo Radenas/Regina Radenas, onde se realizaram as reuniões do Conselho Nacional da Abrajet. O prefeito Luiz Maurício Passos de Carvalho Pereira este “in loco”, dando as boas vindas aos jornalistas, e posteriormente falando do seu município, e principalmente do forte destino turístico. O hospitaleiro Eduardo Monteiro Ribas, Secretário de Turismo de Peruíbe, além de grande cicerone, esteve presente durante nossa salutar estada nos prados peruíbenses, participando das reuniões da Abrajet (no jantar de despedida realizado no sofisticado Restaurante Pão de Maçã News) Ribas apresentou a sua bela “wife” Mônica; Walcir Matias, presidente do Comtur Peruíbe, e da Associação Comercial e Empresarial de Peruíbe, e Eduardo Rodenas, presidente do Rotary, presentes a nossa reunião. Os jornalistas foram recebidos para almoço no Restaurante Mama
Lina, no Guaraú, e no Sinthoresp; o almoço de despedia foi no tradicional Restaurante Sítio Santa Rosa – Sítio do Costinha (Rosinha é a cozinheira, senhora que entende da arte de preparar deliciosos quitutes), de propriedade do casal Carlos Alberto Costa/Iraci, fica na zona rural de Peruíbe.

PERUÍBE, PRAIAS, RIOS, TRILHAS, CACHOEIRAS, E MISTÉRIOS

Nos idos de dezembro de 1958, foi realizado o plebiscito que definiria a emancipação política de Peruíbe. Em fevereiro de 1959, o Distrito pertencente a Itanhaém passou a ser denominado como Município de Peruíbe. Em 22 de junho de 1974, a cidade foi reconhecida como Estância Balneária.
Em 1975, o Presidente da República Federativa do Brasil, Ernesto Geisel, assinou o Acordo Nuclear Brasil – Alemanha, que previa a construção de uma usina nuclear na Praia do Arpoador, em Juréia. O projeto não foi avante devido à forte rejeição popular.
Peruíbe conhecida como portal da Juréia localiza-se entre o mar e as belas montanhas da Serra do Mar, litoral de São Paulo. Distante apenas de Santos 80 km; 140 km de São Paulo, e 320 de Curitiba. As suas grandes atrações turísticas rurais estão ligadas à natureza literalmente preservada; belas e selvagens praias entre costões, cercadas por floresta exuberante, corredeiras e piscinas naturais; tem uma maravilhosa rota marítima; clima de mar e de serras. O acesso a Peruíbe se dar por rodovias modernas, como a dos Imigrantes. Seus atrativos turísticos são as áreas ambientalistas protegidas, como a Reserva da Juréia-Itatins, com importantes santuários ecológicos existentes neste planeta. Reconhecido pela ONU, como Sítio do Patrimônio Natural da Humanidade – um dos cinco existentes no Brasil – Foz de Iguaçu, Pantanal, Parque do Jahú (Amazônia) e Costa do Descobrimento (Bahia) são os outros – e a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. É a rota mais rica e intocada da Mata Atlântica que ainda resta no Brasil. Peruíbe tem a Lama Negra, uma argila com propriedades estéticas e medicinais, única no planeta.

 

Liszt Madruga

Jornalista e Presidente da ABRAJET – RN

 

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.