Vista curta da Administração Municipal

junho 10, 2017

Fazendo um passeio nos pontos turísticos da cidade, o turista observa que não há seriedade administrativa e sim, falta de respeito. O desprezo aos monumentos históricos cultural da cidade é comentado por todos que nos visitam e ainda criticam o abandono, principalmente por João Pessoa ser uma cidade com 431 anos de História, e de uma beleza ímpar da natureza e na arquitetura. Vários maus exemplos podemos pontuar:
O IHGP – Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba, na Rua Barão do Abiaí, 64, com um acervo de obras, livros, jornais e manuscritos, documentário histórico dos acontecimentos políticos da Paraíba, por incrível que pareça, está fechado por conta do atraso de pagamento do Governo do Estado. Valiosas obras de arte estão sumindo, e encobertas pela fuligem dos carros, sem a devida manutenção.
Prédio histórico secular como a Casa da Pólvora, por estar abandonada, os vândalos estão saqueando.
O casario, que faz parte de nosso acervo, as principais ruas as fachadas das casas estão encobertas na parte de cima dos prédios as enormes placas e nas calçadas, pelos ambulantes, que além de obstruírem a passarela, sujam todo logradouro público.
Outro grande problema são os usuários de droga que se abastecem para o consumo assaltando quem passa. Esse caso ocorre tanto no centro, quanto na orla marítima, e, aliás, vem ocorrendo em pontos diferentes da cidade.
O que mais revolta é quando a prefeitura executa uma obra para beneficiar a população, e não há fiscalização, em pouco tempo acontece o desgaste, como é o caso das ciclovias, a da Beira Rio, que ainda não foi concluída e já está sendo em reparos, e a Lagoa, com pouco tempo entregue à população, vive em constante concerto.
A ponta do Cabo Branco, a visita ao ponto Extremo Oriental das Américas, está interditada, além do péssimo visual dos tapumes, e a cada ano, perdemos com o desabamento em verdadeiro abandono. E para completar o descaso, o auditório da Estação Ciência Cultura e Arte, com problema estrutural, apresenta rachaduras, impedindo a utilização e visitação. O que ainda podemos mostrar desse roteiro é parte do Centro Histórico que teve a restauração de alguns prédios mantendo a beleza. Não podemos deixar de citar a beleza existente nesse centro histórico e no litoral que encanta os visitantes. Recentemente esteve em João Pessoa a jornalista, Carolina Nazzi do Jornal o Globo, que ao visitar a cidade, não hesitou em publicar uma matéria, ilustrada com fotos de excelente qualidade, elogiando nossos valiosos encantos naturais e históricos.

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.