PANTANAL SUL MATOGROSSENSE

julho 8, 2016

Tuiuiú-O-Símbolo-Do-Pantanal-11Agora, nos deteremos ao Pantanal Sul Matogrossense, localizado no estado do Mato Grosso do Sul, do lado oeste, com 138.000 quilômetros quadrados de área, considerado um dos maiores paraísos da natureza, tanto para turismo como para lazer e, em especial, para os adeptos da pescaria, da fotografia e da vida ao ar livre.

O Pantanal Matogrossense (norte e sul) é considerado, pela UNESCO, como Patrimônio Natural da Humanidade e se constitui na 3ª Maior reserva da Biosfera. Sua área é tão extensa que equivale ao tamanho de Portugal.

Consensualmente, o Pantanal é considerado a maior planície inundável do planeta, cortada por rios que desaguam no Rio Paraguai. Na chamada “época de cheia”, que se inicia no final de dezembro e vai até maio, os rios transbordam, tornando toda aquela região uma grande planície alagada. Os peixes e os reptéis se dispersam e os outros animais se concentram nas áreas secas e mais altas. Os meios de transporte utilizados são cavalos, tratores e barcos. Na denominada “época de seca”, de junho ao começo de dezembro, as águas baixam e os rios voltam a ter barranco. A planície volta a ter o leito de seus rios definidos e várias lagoas aparecem e, com o passar do tempo, podem secar totalmente. Nesse período, acontece uma grande concentração de répteis, aves e mamíferos se alimentando.
Nessa época, o Pantanal se torna um paraíso para os turistas, observadores da natureza e fotógrafos de aves e outros animais, pois ali vivem cerca de 230 espécies de peixes, 650 de aves, 80 de mamíferos e 50 de répteis. Como tem uma dimensão muito grande, o Pantanal Sul passa a apresentar em sua área várias regiões distintas, inclusive para os que gostam de pescar.
A principal porta de entrada para o Pantanal Sul Matogrossense é a cidade de Campo Grande, a capital do estado. Porém, pode-se chegar lá por via aérea, por Corumbá, ou por via terrestre, passando pela região polarizada, pela cidade de Bonito.
A pesca esportiva é um dos maiores atrativos daquela região, devido à grande quantidade e diversidade de peixes. Isso faz com que o pescador amador possa escolher a técnica e o estilo de pescaria nas águas de seus diversos rios. Pacus, pintados, dourados, cachorras, piranhas, piraputangas, jaús e muitos outros encenam um verdadeiro espetáculo da natureza.
Entre os principais rios pesqueiros dali, destacam-se o Negro, Paço do Lontra, Aquidauana, Miranda, Coxim e Paraguai, onde o turista pode encontrar infraestrutura e apoio especializado. Na época da Piracema – período de reprodução dos peixes – entre os meses de novembro e fevereiro, a pesca fica restrita ou proibida em diversos rios. No nosso imenso Brasil, o Pantanal é um orgulho não só para todos os brasileiros, mas de um modo especial daqueles que vivem na região Centro-Oeste.

Nenhum Comentário

Os comentários estão fechados.