E C O T U R I S M O
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

Uma das formas mais interessantes e procuradas pelos turistas atualmente é o turismo ecológico, pois proporciona diversas atrações emocionantes, contemplativas e singulares. Pelo o que afirmou em recente entrevista o novo Ministro do Meio Ambiente, o Governo Bolsonaro deverá incentivá-lo bastante, pois, além de oferecer novas oportunidades aos turistas, irá conciliar a preocupação da utilização de grandes áreas que serão permanentemente preservadas em todas as regiões do país com o potencial aproveitamento econômico de suas riquezas minerais. E o nosso Brasil tem de sobra espaços especiais para se fazer Ecoturismo. Algumas já em pleno funcionamento, como o Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu, considerado como uma das sete maravilhas do mundo moderno. Localizado no oeste paranaense, na tríplice fronteira entre o Brasil, Argentina e Paraguai, ele já recebe atualmente centenas de milhares de visitantes. Todavia, em outras regiões, podemos citar áreas que se pratica atualmente o turismo ecológico, a exemplo da Chapada Diamantina, no oeste da Bahia; o Parque Nacional do Monte Pascoal, no sul da Bahia, aonde existe uma reserva indígena dos índios pataxós, descendentes daqueles que receberam a esquadra de Pedro Álvares Cabral, quando do descobrimento oficial do Brasil em 1500. Mas, não ficamos por aqui. No Mato…

Entrando para contar histórias
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

A Revista de Turismo completa agora em janeiro 29 anos de história, fruto da coragem e do empreendedorismo do amigo jornalista Fernando Onofre Duarte que vem dando uma considerável contribuição à divulgação de destinos turísticos paraibanos. Nossa história começou em maio de 2009. Naquele tempo fui convidado para ministrar uma palestra sobre a Serra de Bodopitá, extenso corpo magmático que percorre três municípios do agreste paraibano esbanjando beleza e recolhendo patrimônio histórico, arqueológico e ambiental de grande vulto. Pois bem, o evento tinha como objetivo assinar o Pacto de Turismo Integrado Agreste/Borborema, convênio que teve apoio do Sebrae e do Paraíba Convention Bureau e contou com a presença de dezessete prefeituras. No almoço, Fernando Duarte me procurou, me apresentou sua revista e conversamos. A Revista de Turismo me causou boa impressão, muito bem diagramada e impressa, só que ao folheá-la, só vi o litoral em suas páginas, daí indaguei: “e o nosso interior que é tão rico em patrimônio histórico, cultural e ambiental?” Fernando me responde: “não tem quem escreva Thomas”. Já com a experiência de anos pesquisando no interior, ora com a Sociedade Paraibana de Arqueologia, ora acompanhando o Laboratório de Arqueologia e Paleontologia da UEPB e também na…

FATOS
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

No Natal Comemora-se o Nascimento de Cristo O Natal é uma das datas mais importantes no calendário religioso, pois no dia 25 de dezembro é comemorado o nascimento de Jesus Cristo. O comércio se rendia à venda de presépios natalinos, árvores de natal recheadas de bolas coloridas e luzes, sob as árvores eram colocados os presentes da família e todos antes da ceia natalina iam à missa e a eventos religiosos para rezar e agradecer. Todas as famílias comemoravam com muita união em suas casas, aproveitando para contar histórias do cotidiano de cada um; os amigos e vizinhos saiam de suas casas e vinham se cumprimentar uns aos outros na vizinhança. Hoje as famílias estão mais dispersas, mais preocupadas em vestir roupas chiques para comemorar o nascimento do Cristo em bares e restaurantes; os presentes são sofisticados. Bom para o comércio. Lembremos porém que o menino Jesus nasceu numa manjedoura, sem conforto algum, e ao longo do seu crescimento, da sua trajetória de vida, andava peregrinando, pregando o Evangelho, com temas como amor ao próximo, fraternidade, caridade, humildade… Pensemos nisso!!! Fernando Duarte Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

João Pessoa comemora ocupação hoteleira de 93%
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

O feriado da Proclamação da República, comemorado em 15 de novembro, reflete positivamente na rede hoteleira de João Pessoa. Dados da ABIH-PB (Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, seccional Paraíba) apontam que a média de ocupação no período até 18 de novembro foi de 92,8%. Alguns hotéis localizados na orla marítima da capital paraibana estão com ocupação em 100%. O fluxo de turistas também foi reflexo de dois eventos que realizados na cidade: o Festival Sesi Bonecos do Mundo e o XVI Festival Paraibano de Coros. E esse índice vai aumentar por conta do feriado da Consciência Negra, que presta homenagem a Zumbi, um africano que nasceu livre, mas foi escravizado aos seis anos de idade. O feriado acontece em 15 estados, entre eles São Paulo, Alagoas e Bahia. A presidente da ABIH-PB, Manuelina Hardman, disse que já existia uma boa expectativa dos hoteleiros em relação à movimentação de turistas nesse final de semana, pelo volume de reservas feitas. A associação conta com 26 empreendimentos hoteleiros associados e a perspectiva é de que a movimentação de turistas cresça a partir de agora com a chegada da alta estação.

ILHA BELA – LITORAL NORTE DE SÃO PAULO
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

ESPORTES NÁUTICOS – MUITA DIVERSÃO Conhecida como a Capital Nacional da Vela, Ilhabela localizada no Litoral Norte de São Paulo, tem um litoral dos mais bonitos do país, encanta a quem a visita com suas 42 praias paradisíacas e 94% da Mata Atlântica preservada, com rica flora que abriga árvores centenárias e espécies raras em fauna diversificada, além de belas cachoeiras. O Parque Estadual de Ilhabela possui uma das maiores reservas de Mata Atlântica do planeta e é considerado Patrimônio Natural e Reserva da Biosfera pela UNESCO. Se não bastasse a exuberante beleza natural, o imaginário dos turistas é estimulado pela rica história, cultura, lendas e estórias de piratas e tesouros. Hoje a cidade para atender bem seus visitantes, conta com mais de 6.000 leitos em meios de hospedagem, além de variada gastronomia que inclui as culinárias caiçara, contemporânea, mediterrânea, italiana, japonesa, tailandesa, portuguesa e brasileira. Ilhabela é o destino perfeito para quem deseja descansar à beira-mar, ouvindo o som dos pássaros, ou para quem busca aventura, diversão e entretenimento: entre as atividades que o arquipélago proporciona estão o ecoturismo, esportes náuticos e mergulho, praticado em locais como o Santuário Ecológico da Ilha das Cabras e em naufrágios. Devido a…

ECOTURISMO
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

TRILHAS – O arquipélago de Ilhabela possui trilhas que permitem contemplar a Mata Atlântica, proporcionando aventuras como caminhadas até picos com mais de 1.000 metros de altura, momentos de lazer contemplando paisagens únicas em mirantes ou curtindo refrescantes banhos de cachoeira. OBSERVAÇÃO DE AVES – Ilhabela abriga as dez maiores montanhas insulares do país, com picos que chegam a 1.300 metros de altitude, cobertos pela exuberante Mata Atlântica, além de área de mangue e extensa faixa costeira. Tais características do relevo proporcionam a ocorrência de rica avifauna, com mais de 350 espécies, entre elas o Papagaio-moleiro (Amazona farinosa), eleito a Ave Símbolo de Ilhabela, o Araçari-poca, espécies raras como a Jacutinga, Macuco, Coruja-preta, Saíra-sapucaia, Gavião de penacho e aves migratórias, entre elas o Trinca-réis-real e Albatrozes, nos meses mais frios. A proximidade entre o Parque Estadual de Ilhabela, que é considerado área importante para a conservação das aves pela Birdlife International, e o município faz com que os animais frequentem a zona urbana, e que em trilhas de fácil acesso seja possível observar espécies ameaçadas de extinção e aves que encantam com suas cores e cantos. Fonte: Turismo Ilhabela Waldir Martinez Turismo – Notícias & Destinos – mtb: 35.592-SP

CHAPA BRANCA, É HORA DE REDUÇÃO
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

Na hora em que o Brasil optou pela renovação política, com uma varrida sem precedentes no lixo da história, não seria também hora do Brasil atualizar suas práticas até aqui danosas ao País? Tomemos como sinal a relação onde a maioria dos políticos ficha-suja foram punidos com o não voto. Não estaria na hora de se rever e eliminar a presença do Estado em atividades que devem caber apenas ao setor privado? Tomemos o turismo como exemplo. Neste, lembro de algumas atividades que deveriam caber ao setor privado e que estão, inexplicavelmente, nas mãos da burocracia pública, estatizadas. O CADASTUR e a classificação de cidades como estâncias turísticas são algumas delas. O primeiro deveria ser transferido a órgãos de representação privada, talvez uma nova entidade formada e custeada, sem recursos públicos, para o controle conjunto de organismos como a ABAV-Associação Brasileira de Agências de Viagens e a ABIH-Associação Brasileira da Industria de Hotéis entre outras, por exemplo. A classificação de estâncias turísticas é outra forma de atividade privada englobada pelo governo, uma forma de se criar empregos para colocar parentes e amigos de políticos sem nenhuma vivência com o mundo dos negócios. Nas mãos de políticos, além de sinecuras, ela…

XXIX Salão de Artesanato Paraibano
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

Uma grande feira do artesanato paraibano está acontecendo no Espaço Cultural Zé Lins do Rego. A amostra teve inicio no dia 18 de dezembro e vai até o dia 13 de janeiro/2019. Quando o assunto é arte, a Paraíba é referência nacional, e é em uma exposição desse porte em que observamos o talento e a criatividade do artista paraibano. Na confecção dos produtos são utilizadas diversas matérias primas, técnicas e expressões. Personagens criados refletem histórias de nossa cultura e do imaginário popular. Do reaproveitamento da madeira, por exemplo, são feitos bancos, centros, bandejas, brinquedos populares (como o peão, brinquedo bem conhecido dos nossos pais), além de imagens de Santos, etc; da palha, vêm lindas bolsas, brincos, jogos americanos; do barro, são moldados os jarros, travessas, panelas e decorativos; das garrafas pets, as flores, arranjos e abajures; do couro, produtos utilitários, decorativos e de uso pessoal; o algodão colorido tem feito sucesso não só no Brasil, como no exterior, na confecção de almofadas, tapetes e vestimentas. A tradicional boneca de pano, outrora confeccionada pelas nossas mães e avós, também está exposta na feira. Enfim, temos um rico e variado artesanato, valorizado principalmente por turistas que encontram nele a oportunidade de…

Verão
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

Filtro solar deve ser usado diariamente Um conselho importante de saúde, pois o câncer de pele é uma doença séria e não perdoa os desavisados. O grande vilão do verão é o sol escaldante. Como a luz do sol chega à superfície da Terra com mais intensidade durante o verão, a carga de raios ultravioleta é ainda maior. Portanto aquele bronzeamento exposto ao sol deve ser muito bem protegido. No verão, as pessoas sofrem a ação nociva do ultravioleta até dentro de ambientes fechados, avisam os dermatologistas, por isso, eles recomendam o uso de filtros solares até mesmo no trajeto para o trabalho. Para quem vai à piscina ou à praia, a recomendação é usar no rosto um filtro solar com fator de proteção elevado – no mínimo 30. Não esquecer também o uso de chapéus e bonés, óculos escuros e camisas de mangas compridas, com proteção solar. Os cuidados com a pele no verão devem ser redobrados, principalmente a higiene. A limpeza da pele é muito importante nesse período mais do que no inverno, pois a pele muito ressecada causa envelhecimento precoce. Por isso, deve-se passar sempre um bom hidratante, evitando com essa medida possíveis irritações na pele, como…

Serra Branca e Sumé em festa!
Janeiro/2019 / janeiro 7, 2019

Festa de padroeira é um acontecimento especial, principalmente no que se refere às cidades de nosso interior. É um momento que propicia o reencontro de quem mora distante com seus familiares e amigos. Reencontros apaixonados, carinhosos, ternos, todos unidos em uma festança só, mas não é só isso: para quem vem de fora, as mudanças da urbe são mais sensíveis, é também um (re)encontro com seu cantinho, seu lugar. Aproveitando a época festiva, marcamos a nossa reunião de confraternização do Instituto Histórico e Geográfico de Serra Branca – IHGSB exatamente na véspera de sua padroeira, a Nossa Senhora da Conceição, que é celebrada no dia oito de dezembro e que, aliás, é festejada em várias cidades do Cariri histórico como Sumé, Cabaceiras, Pocinhos, Campina Grande e a própria Serra Branca. Segui para a Rainha do Cariri sozinho. E sempre que vou ao Cariri, ao meu Mundo-Sertão, sou absorvido por uma infinidade de sensações que enchem meu peito de emoção. É algo mais profundo do que aquela impressão de estar chegando em casa… é um sentimento de pertença àquele chão, aqueles rincões, algo dificílimo de explicar. Vou tateando, procurando e reconhecendo seus signos e contornos, e a viagem depois da virada…