Abril/2016

Rolamento de matacões

Matacões no alto da Serra de Bodopitá (Centro da imagem a Pedra do Zé Velho) – Queimadas-PB

Matacão na encosta da Serra do Algodão

Às cinco da manhã do dia 14 de maio de 2005, o Sr. Zuza Guedes, morador do sítio Rússia, no município paraibano de Algodão de Jandaíra, acordou assustado com um estrondoso barulho vindo da Serra do Algodão, há aproximadamente 1 km de sua residência: “A zoada mais parecia de um imenso trovão”. Espantado, o agricultor foi verificar o que tinha ocorrido e deparou-se com seu filho que vinha do roçado correndo em sua direção anunciando (aos gritos!) que uma grande pedra tinha rolado do alto da Serra. O deslizamento da rocha, que ornava o cume da Serra do Algodão, causou uma imensa clareira na mata. O bloco rochoso de aproximadamente 6m de altura por 5m de largura desceu serra abaixo levando tudo que estava em seu caminho. Pedras como esta são denominadas pela geologia de matacão e tratam-se de formações rochosas (neste caso específico em granito) que se encontram sobreposta a um lajedo ou a outro bloco rochoso. Devido a ação erosiva, a base destes matacões são desgastadas pelos milênios até não mais apresentarem pontos de ostentação e Mais >

AS OLIMPÍADAS VÊM AÍ

A realização das Olimpíadas de 2016 está se aproximando, pois acontecerão no próximo mês de agosto, no Rio de Janeiro. A capital paraibana já tirou proveito disso, pois várias seleções de outros países vieram treinar aqui em João Pessoa, especialmente as de natação e saltos aquáticos ornamentais, em face do excelente e moderno parque aquático existente na Vila Olímpica Parahyba, o antigo DEDE. Tradicionalmente, as Olimpíadas modernas dão uma visibilidade excepcional às cidades em que se realizam, pois, além de permanecerem por bastante tempo na mídia mundial e local, trazem para a cidade escolhida milhares de atletas do mundo todo e, igualmente, milhares de turistas estrangeiros. Com as Olimpíadas do Rio de Janeiro não poderia ser diferente, deixando a Cidade Maravilhosa ainda mais cobiçada pelos turistas estrangeiros. Esse fato contribuirá bastante para aquecer o setor turístico da capital fluminense a exemplo dos hotéis, bares, restaurantes, aeroportos, porto e toda a cadeia turística que inclui ainda táxis, praias, artesãos, shoppings, vendedores ambulantes e tudo o mais. Por outro lado, tenho a convicção de que esse acontecimento que representa um espetáculo singular para o Brasil, irá aquecer também o nosso turismo interno. Porque os turistas nacionais e os aficionados dos esportes, de Mais >

Santos Sediará o XXXIII Congresso da Abrajet

Cerca de 250 jornalistas especializados em turismo, participarão do XXXIII Congresso da Abrajet, de 30 de Maio até 03 de junho de 2016, oportunidade em que serão abordados assuntos sobre o turismo de São Paulo e outros Estados. O evento acontecerá no MENDES CONVENTION CENTER, localizado na Avenida General Francisco Glicério, 206 – Vila Mathias-Santos. Com área de 25 mil m² especialmente construída para a realização ade eventos como: feiras, seminários, cursos, shows e congressos. O Mendes Conventions Center está preparado para receber desde pequenos grupos de pessoas até grandes eventos nacionais e internacionais. O complexo possui sete salas para até 4.600 pessoas. O Pavilhão de Exposições tem área de 10.000 m². O estacionamento acomoda até 750 automóveis e conta com câmeras e profissionais treinados para garantir a segurança. A Praça da Alimentação fica bem próxima ao pavilhão de eventos e acomoda cerca de 290 pessoas, servindo diversas opções de massas, comida japonesa, self-service, etc, além de uma cafeteria completa. MENDES PLAZA HOTEL – Avenida Marechal Floriano Peixoto, 42 – Gonzaga e PARQUE BALNEÁRIO HOTEL – Avenida Ana Costa, 555

VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CONVENTION & VISITORS BUREAU

Pela primeira vez, a capital mineira sediou o Congresso Brasileiro de CVBx, reunindo todas as 115 instituições brasileiras que possuem este nome em todo o país. Promovido pela Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureau e da Federação de Convention & Visitors Bureau do Estado de Minas Gerais, o evento contou ainda com o apoio do Belo Horizonte Convention & Visitors Bureau, da Belotur e da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. Realizado entre os dias 20 e 22 de março de 2016, no Minascentro (Rua Curitiba, 1.264 – Centro), Belo Horizonte, contando com a participação de mais de 200 participantes, com uma rica programação, inovadora e de tendências mundiais. A companhia TAM foi à patrocinadora aérea oficial.

Fatos

Daniel Machado assume gerência do Verdegreen Hotel (PB) 

A DJ Hotelaria, administradora do Verdegreen Hotel, referência nacional em hospedagem sustentável localizado em João Pessoa (PB), anuncia a contratação de Daniel Machado como gerente geral do empreendimento. O executivo passou a ocupar, no mês de março último, o cargo de Camilo Juliani, que não faz mais parte de sua equipe. Com 14 anos de experiência no mercado hoteleiro, Daniel Machado já atuou nas cidades cearenses de Fortaleza e Aquiraz, em São Luís (MA) e, entre os anos de 2011 e 2012, foi gerente geral do Verdegreen Hotel, período em que participou da Certificação ISO 14001. O profissional possui experiência em implantação de hotéis, hospedagem, eventos, alimentos e bebidas, e revenue management. “A nova gestão possibilitará ao Verdegreen tornar-se ainda mais acolhedor, sustentável, moderno e inovador”, destaca a diretora da DJ Hotelaria, Luciana Alencar.

Prefeitos não levam a sério o Turismo

Os municípios que são considerados de grandes potencialidades turísticas estão perdendo parte de seu patrimônio cultural por irresponsabilidade administrativa. A cidade de Areia, que tem como padrinho Pedro Américo, vulto histórico, que somou a outros atrativos para receber o reconhecimento de Patrimônio Nacional, está se deteriorando por falta de manutenção da prefeitura. O mesmo Mais >

Aquário Paraíba

João Pessoa dispõe de mais um equipamento turístico: O Aquário Paraíba. Mesmo sendo uma cidade litorânea, ainda não havia um local de exposição de parte da riqueza que a vida marinha oferece. Lá, o visitante tem a oportunidade de ver de perto uma variedade de peixes vivos, além da diversidade de organismos elasmobrânquios, crustáceos, moluscos e corais. Da imensidão do mar, muitas coisas são desconhecidas. No Aquário Paraíba, existem peças esculpidas, como um tronco de coqueiro, roliço em um formato de dedo, causado pelos fenômenos dos movimentos da maré. O formato da exposição apresentado por profissionais é um instrumento de grande relevância educativa. Os instrutores explicam a origem dos animais, ao mesmo tempo orientam sobre a importância em preservar o meio ambiente; nas explanações eles mostram os estragos que uma tarrafa, uma rede de arrasto, ou um simples saco plástico ou garrafa pet largado no mar, pode causar aos animais. Várias espécies estão em exposição num total de 300, como arraias, lagostas, amoréias, polvos, tubarões lixa, entre outros. Os dias e horários de visita, são de quarta a domindo das 09 às 16hs. Fica localizado na Rua das Lagostas, nº 140, Praia dos Seixas – 3251.1531 / 98620.1422.

SANTOS, TÃO PERTO E TÃO LINDO

O Bonde turístico de Santos vendo ao fundo a Estação Valongo

Distante apenas 72 km da Capital, município portuário localizado no litoral do Estado de São Paulo conta hoje com uma população fixa de 420 mil habitantes e mais de dois milhões em temporadas de férias e feriados prolongados. Possui 7 km de praias, sendo as principais: Gonzaga, José Menino, Ponta da Praia, Embaré, Aparecida e Boqueirão. A Cidade possui uma serie de atrações turísticas para todos os gostos e idades. Nesta matéria abordaremos alguns pontos imperdíveis e que não devem deixar de ser curtido pelos nossos leitores. Vamos começar pelo BONDE E AS ATRAÇÕES TURÍSTICAS– Inaugurado em 1870, desativado em 1971, foi restaurado em 2000 e recolocada em uso. A linha turística do Bonde funciona de terça, domingo e feriados, das 10 às 17 horas. É considerada uma das grandes atrações da cidade, percorre o Centro Histórico e recebe turistas de todo o Brasil e Exterior. Reúne seis elétricos (sendo dois reboques), entre eles os temáticos Café e Pelé. Circula pela região central num percurso de cinco km em cerca de 40 minutos. O roteiro abrange 40 pontos turísticos de interesse histórico, como a ESTAÇÃO DO VALONGO, MUSEU PELÉ, PREFEITURA, Mais >

MONTE SERRAT

São quatro minutos de muita emoção, subindo de bondinho os 147 metros da encosta do Monte Serrat rumo ao topo onde estão o antigo cassino e o Santuário de Nossa Senhora de Monte Serrat, padroeira de Santos. O cassino e os bondinhos foram idealizados por imigrantes espanhóis em 1927. Com a proibição dos jogos no País, o cassino foi desativado e hoje, com arquitetura preservada, é uma atração turística de eventos e atividades sócio-culturais. Do topo do Monte Serrat, é possível apreciar o PORTO, Centro Histórico, Orla e até parte da área continental. A vista da Avenida Ana Costa, uma das principais vias da cidade e uma das mais bonitas. O bondinho funciona todos os dias das 8h às 20h, com saídas a cada 30 minutos e aos sábados, domingos e feriados, o intervalo é de 20 minutos. Tarifa R$ 35,00 (ida e volta) desconto de 50% para maiores de 65 anos, crianças até 8 anos não pagam. Bondinho que serve o turista para subir no Monte Serrat

RECALQUE DE EDIFÍCIOS

Pelo seu caráter litorâneo e pelo fato de ter sido construída em parte sobre antigos terrenos de manguezais, a cidade de Santos tem um perfil de solos dos mais difíceis no país para a construção de fundações. Por esse motivo, uma série de edifícios foram erguidos ao longo do século XX com fundações executadas a partir de equívocos de sondagens ou de projeto. Com o tempo, tais edifícios passaram a sofrer acentuados recalques diferenciais: tornaram-se “tortos” (perderam o prumo) aos olhos dos frequentadores da praia. Hoje os “prédios tortos” da orla de Santos estão virando atrações turísticas. São cerca de 90 prédios com esta característica. Estão concentrados na orla do Boqueirão, Embaré e Aparecida. O reprumo ou a implosão e reconstrução são soluções possíveis. Os quiosques localizados em toda a sua extensão que servem desde um simples aperitivo até sofisticados pratos de peixes e frutos do mar acompanhados de uma bem gelada podem ser curtidos, alem de diversas esculturas de vários autores consagrados espalhadas por toda sua extensão.

AQUÁRIO MUNICIPAL

Localizado na Praça Luiz La Scala s/n no começo da Avenida Bartolomeu de Gusmão, Ponta da Praia. Foi o primeiro parque público do Brasil a registrar o nascimento de um pingüim em cativeiro, há 14 anos, a Fraudinha, uma das atrações mais queridas do local ao lado de outros pingüins que completam o harem. Entre os animais de vida marinha, podem ser observados de perto tubarões-lixa, lobo e leões marinhos, peixes de diversas espécies, pequenos lírios do mar, o caranguejo aranha, os ouriços roxo e verde, estrelas do mar, arraias, entre outros. O local fica aberto de terça a sexta-feira, das 9h às 18h e aos sábados, domingos e feriados das 9h às 20h. O ingresso custa R$ 5,00, sendo que menores de 12 anos e maiores de 60 têm entrada gratuita. Estudantes e Professores pagam R$ 2,50.