Agosto/2014

FATOS: Senac parabeniza os garçons pelo seu dia

O garçom e a garçonete comemoram seu dia em 11 de agosto. A profissão representa o segmento que gerou mais de 140 mil vagas com registro em carteira no Brasil, em 2014, segundo o Ministério do Trabalho. E o Senac Paraíba, que é um dos responsáveis pela formação de garçons, parabeniza estes profissionais pela sua data.

Os profissionais da área devem ter como características simpatia e desenvoltura, além de outros pré-requisitos importantes, como paciência e bom atendimento, porque lidam com clientes de todos os estilos e devem atendê-los da melhor forma, sempre com um sorriso no rosto.

A Escola Senac de Gastronomia e Hotelaria está localizada na Avenida Cabo Branco, 2788, em João Pessoa. O telefone para contato é o (83) 3031-3547.

FATOS: Dificuldade para conduzir o turismo

Serra de Teixeira alto sertão paraibano

 

O novo mapeamento turístico da Paraíba, considera dez regiões com potencial. Nesse levantamento,146 municípios têm potencialidades turísticas. As cidades destacadas estão localizadas no Litoral Norte (06), Litoral Sul (06), Agreste (17), Brejo (20), Cariri (12), Seridó e Curimataú (15), Vale das Águas (18), Vale dos Dinossauros (13), Vale dos Sertões (31) – que terá maior número de municípios com potencial turístico – e Zona da Mata (08).

A recente reavaliação excluiu as cidades que perderam a condição pela falta de estrutura. Observa-se que muitos municípios que são considerados com potencialidade, não estão tendo investimento essencial para sua manutenção. O Conde, mesmo com a segunda maior rede hoteleira, não tem saneamento básico, a sinalização é precária, coleta de lixo ineficiente e a maioria das ruas sem pavimentação. O município de Areia, cidade tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional, considerada a cidade da cultura, onde grandes nomes de nossa história tiveram registros, o turismo não é levado a sério, pois em um rápido diagnóstico observa-se a falta de investimento. Todo patrimônio turístico é antigo, não existe um informativo impresso e as poucas placas de sinalização não informam todo o conteúdo, como os passeios, restaurantes nem um roteiro com o histórico dos locais a ser visitados. Logo ao entrar na cidade o turista é recebido com um portal feito em homenagem a Pedro Américo, em péssimo estado de conservação. O mesmo acontece na maioria das cidades; Teixeira alto sertão paraibano, localizada na grande Serra de Teixeira, conhecer os atrativos só Mais >

João Pessoa de todos os tempos – 429 anos de história

 

Em 1585, a cidade recebeu seu primeiro nome: Cidade Real de Nossa Senhora das Neves, em seguida outros nomes surgiram até chegar a João Pessoa, em 1930, numa homenagem ao político João Pessoa de Albuquerque, na ocasião presidente do Estado da Paraíba, assassinado no mesmo ano, na cidade do Recife. De lá pra cá, muita coisa mudou. A cidade antiga onde tudo começou, passa por um longo processo de revitalização, com parte dela já recuperada. O casario, as igrejas centenárias continuam de pé, atraindo a visita de turistas e outros visitantes, curiosos pela nossa cultura.

Hoje, o centro não abriga mais as ilustres famílias de outrora, a maior parte das casas residenciais já foram transformadas em lojas, bares, e escritórios, outras demolidas ou deterioradas pelo desgaste do tempo. Contam-se nos dedos as famílias que resistiram ao conforto de morar no centro. Muita coisa mudou, os bairros foram crescendo e cada vez mais têm se povoado. Os mais abastados estão na região da orla marítima da capital, nas praias urbanas de Tambau, Cabo Branco, Manaíra e Bessa. Os demais bairros estão distribuídos nas zonas Sul, onde ficam algumas das universidades públicas e privadas mais conceituadas e grande parte do comércio e a Mais >

Mistérios da noite pessoense

Thomas Bruno Oliveira

 

Por se tratar da terceira cidade mais antiga do Brasil, João Pessoa possui um imponente patrimônio histórico revelado em seus casarões, prédios, praças e igrejas de seu centro antigo. O traçado urbano do epicentro velho da cidade revela as feições pretéritas de uma cidade importante. Sobressaltam dentre os prédios antigos alguns becos e vielas históricos que a tempos de hoje ocultam parte da boemia e de uma intensa vida profana da capital paraibana. O Ponto Cem Réis vem ser a concentração, onde reúne toda sorte de gente para os mais diversos fins durante todos os dias, noites e madrugadas.

Este epicentro antigo oculta em seu subsolo uma grande riqueza histórica, são objetos e fragmentos que foram ao longo dos séculos se acumulando e testemunham páginas do passado da capital e atendendo a este patrimônio oculto no subsolo, estive integrando uma equipe que realizou uma atividade de salvamento arqueológico que consistiu no acompanhamento das obras de escavação para a introdução de dutos subterrâneos para linha telefônica. No momento em que se cavavam as bordas das ruas mais antigas, observávamos o aparecimento de materiais que pudessem “falar” sobre o passado do lugar. Assim, passamos vários dias neste mister.

A experiência de acompanhar Mais >

R Á P I D A S

Cobrança de Reserva

Está em fase final de aprovação na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 7337/14, que proíbe cobrança de taxa extra do hóspede de hotel que cancelar a reserva até 72 horas antes da entrada. O projeto determina que se a reserva tiver sido paga antecipadamente, o cliente terá direito à restituição do valor em até 48 horas após a confirmação do cancelamento. A empresa que descumprir a regra poderá ser punida de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078/90). Hoje, a cobrança de taxa depende da política de cancelamento do hotel ou da agência, especificada no contrato celebrado com o cliente nas comissões de Defesa do Consumidor; Turismo; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

42º ABAV – Expo Internacional de Turismo será realizada entre os dias 24 a 28 de setembro no Pavilhão de Exposição Anhenbi – São Paulo. O credenciamento está no site http://www.abavexpo.com.br

 

Em uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra, Helayne Cristini deu um show no projeto Samba na Vila e cantou seus grandes sucessos do samba:  “ Dia 25 de julho”.

 

A Multifeira Brasil mostra Brasil está acontecendo de 08 a 17 de agosto, no Centro de Convenções de João Pessoa, em um espaço amplo capaz de Mais >

Fatos

RoboCup na Paraíba

O encontro de robótica internacional aconteceu em João Pessoa, na segunda quinzena de julho passado. O RoboCup 2014, durante seis dias atraiu um público de aproximadamente quatro mil pessoas, entre estudantes, visitantes curiosos, cientistas e comunidade acadêmica de todo o mundo. Um evento de grande magnitude que marcou a Paraíba definitivamente no cenário internacional.

A primeira edição ocorreu em Nagoya, no Japão; em 2013 na Holanda.  

 

AIR INDIA & STAR ALLIANCE

A Star Alliance, a maior aliança de companhias aéreas do mundo, dá as boas-vindas à Air India como a sua mais nova associada, que abre sua operação interna no quinto maior mercado de aviação para os clientes da aliança em todo o mundo. No total, a rede da Star Alliance conta com 27 companhias aéreas associadas, oferecendo mais de 18.500 voos diários, servindo 1.316 destinos em 192 países. 

 

Empetur voltada para a acessibilidade

Com o objetivo de se tornar um destino turístico ainda mais acessível no País, Pernambuco tem se reinventado para melhor recepcionar pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida. Além do projeto Praia Sem Barreiras, que possibilita o banho assistido, a Secretaria de Turismo de Pernambuco (Setur-PE), por meio da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), tem realizado capacitações Mais >

Lajedo de Pai Mateus

O primeiro pensamento que eu tive quando cheguei ao lajedo de Pai Mateus foi: como essas pedras podem ter-se colocado nessas posições? A sensação que se tem é que encontramos um lugar tão antigo que de repente podemos ate ser surpreendidos por algum animal da era paleontológica.

O Lajedo de Pai Mateus é um complexo geológico composto de vários sítios arqueológicos, paleontológicos e ecológicos. É um dos lajedos mais conhecidos em todo Brasil e está inserido em uma Área de Preservação Ambiental (APA do Cariri) tombada pelo governo da Paraíba em 2004. Numa linguagem simples eu poderia descrevê-lo como uma enorme pedra plana que na sua superfície abriga outras grandes pedras com as mais variadas formas, a exemplo: um capacete. A pedra do capacete é o local de maior visitação turística no espaço do lajedo, justamente por ter o formato de um capacete, os melhores cliques são feitos lá. Algumas pedras possuem inscrições rupestres que datam dos anos que o lajedo e imediações eram habitados pelos índios Cariris.

O lajedo ficou conhecido por esse nome devido a um ermitão que ali vivia há alguns séculos. Ele era índio curandeiro, e como mostrava cuidado com todos os que o procuravam, medicando e aconselhando, Mais >

Entrevista Corinto da Costa Lyra Filho – A Cultura dos Engenhos

 

teresaduarte2@hotmail.com

Uma atividade que vem sendo mantida de pai para filho. É assim o trabalho desenvolvido na produção do mel, rapadura e açúcar mascavo do Engenho Olho D’água, no município de Pilões. De acordo com o proprietário, Corinto da Costa Lyra Filho, a arte na cultura aos produtos derivados da cana de açúcar vem sendo repassada na sua família de geração em geração, sendo iniciado pelo seu avô Carlos Hermógenes da Costa Lyra.

Manter viva uma tradição secular, já que ela foi introduzida no Brasil no início do século XVI com a instalação de engenhos de açúcar, não é muito fácil nos dias atuais. Hoje, a situação é diferente. No município de Pilões, por exemplo, dos 18 grandes engenhos apenas o Olho D’água continua produzindo. A saída é recorrer ao empreendedorismo. E é isso que vem acontecendo nesta propriedade, aliando a sua produção ao turismo rural, proporcionando ao turista uma viagem ao passado remoto quando o cultivo da cana-de-açúcar era valorizando por conta dos engenhos com funcionavam a pleno vapor.

Através da parceria com o Sebrae Paraíba, foram formadas nas terras do engenho três trilhas que proporcionam ao turista um contato direto com a natureza, visitação a cachoeira com escrituras rupestres, bem como Mais >

Agora é a vez de Solânea

Caminhos do Frio – Rota Cultural 2014

 

Começa na próxima segunda-feira (28) a programação do “Caminhos do Frio – Rota Cultural 2014”, em Solânea. O município que fica distante 140 km de João Pessoa, passou a fazer parte do roteiro este ano prometendo muitas atrações que se incorporam a um clima frio em plena Serra da Borborema, envolvendo teatro, artesanato, patrimônios históricos a exemplo do belo Santuário Padre Ibiapina, turismo de aventura e ecológico, tendo como atração musical nacional o show de “Santana – O Cantador”.

O prefeito Beto do Brasil revela que o município terá uma estreia triunfal no evento com uma vasta programação cultural. “Solânea tem o prazer de se integrar a esse festival que já é consagrado no Estado. Nós estamos numa expectativa muito grande, a nossa população está totalmente envolvida e nós queremos fazer bonito para que o nosso primeiro ano no evento fique marcado para atrair os turistas neste e nos próximos anos”, destacou.

Tendo como tema na programação “Fé, Arte e Cultura”, a programação visa não somente mostrar aos turistas o espaço destinado à hospedagem existente no Santuário Padre Ibiapina, como também o de divulgar o espaço de trabalho do Santo Padre que tem um rico acervo. Mais >

Vila Caminhos do Frio

 

A Vila do Caminhos do Frio – Rota Cultural 2014                                                        

Essa é a primeira vez que a vila será montada, um projeto itinerante que vai acontecer durante a realização do Caminhos do Frio nos municípios de Areia, Pilões, Solânea, Bananeiras, Alagoa Nova, Serraria e Alagoa Grande. De acordo com a presidente do Fórum do Turismo do Brejo Paraibano, Fernanda Mello, a vila é constituída por stands promocionais que são montados com objetivo de formar um espaço padronizado para a divulgação de cada município, bem como dos produtos de artesanatos locais. “Neste ano, nós decidimos montar a Vila do Caminhos do Frio, que é um espaço 3,00×2,00, para divulgação das potencialidades dos municípios e do artesanato local”, revelou.

Os recursos para a montagem da vila, bem como toda a parte da infra-estrutura, a exemplo da montagem de palco, material proporcional, instalação de banheiros químicos, entre outro é repassada pela Secretaria de Estado da Cultura do Governo da Paraíba (Secult-PB) para que o Fórum administre. Além dessa parte a Secult-PB patrocina as atrações nacionais que irão se apresentar em cada município, ficando a PBTur responsável a pela realização de pesquisas com turistas participantes do evento para saber a demanda de satisfação de cada um.

O Mais >