VAMOS VOLTAR AO VELHO CARTÓRIO ?

A celeuma sobre a ideia de se transformar a EMBRATUR em uma agência de promoção das atividades turísticas, como é a bem sucedida APEX-Agência de Promoção das Exportações, parece remeter o Brasil ao passado, ao tempo em que predominou – e ainda predomina em parte – o velho e surrado cartório, onde muitas boquinhas são garantidas aos políticos e seus protegidos. Contra a ideia colocou-se o SEBRAE- Serviço de Apoio às Empresas e Pequenos Negócios. Isto está cheirando a caminhar-se no sentido de preservamos o cartório, que tanto atraso ainda vem nos causando. Temos de decidir sobre o que é mais conveniente para desenvolver o Brasil, um organismo enxuto, capaz de criar políticas que possam alavancar realmente uma atividade importante como o turismo, ou voltarmos ao passado, com medo de mexermos numa enorme estrutura burocrática em que se transformou o SEBRAE, cabide de empregos para políticos que perderam seus mandatos, e que vivem a mamar nas tetas generosas do Estado, sob a forma de empresa paraestatal. É certo que o SEBRAE presta serviços à economia brasileira, através de assessoria ou de formação profissional. É certo também, como irão argumentar que seus recursos são de origem privada, mas não é bem Mais >

Semana Santa – é tempo de reflexão

A Semana Santa é uma tradição religiosa católica que celebra a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Jesus Cristo. Tem início no Domingo de Ramos, que relembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém e termina com a ressurreição de Jesus em Jerusalém, que ocorre no domingo de Páscoa. É tempo de conversão, de reflexão e de celebração da vida, agradecendo aquele que morreu na cruz para nos salvar. Católicos de várias partes do mundo se reúnem neste período em comunhão, procurando a purificação da alma, entregando-se à meditação e ao arrependimento. O calendário da quaresma é extenso e comemorado nas igrejas, templos e nas ruas, com procissão de Ramos, caminhada com toda a passagem de Jesus na cruz até a sua crucificação, cristãos ainda fazem novena em suas casas, nas ruas as quermesses com comércio de produtos religiosos e gastronomia regional. Motivados por alguma promessa ou graça alcançada as pessoas fazem oração nas igrejas e capelas se pegando com os santos padroeiros com tanta fé, que chega a ser comovente. Aqui na Paraíba, principalmente na capital, muitos cristãos são devotos da padroeira de João Pessoa (Nossa Senhora das Neves), cujo aniversário acontece no mês de agosto. Na Páscoa, Mais >

FATOS

A lei que embeleza a cidade

 

No mundo, a arte sempre esteve presente, representando fatos, sonhos ou memória, apresentado por imagens na plástica, na escultura ou pintura. Na Europa, esculturas são vistas nas praças ou nas fachadas dos prédios, como a Catedral de Notre Dame. Lá, a arte começa na entrada, com várias esculturas, seguindo de vitrais belíssimos, esculturas em madeira, afrescos… Na Grécia antiga, da arcaica, estilo severo e do clássico grego; na Índia, Imagem de Bronze ou pedra sabão, predominando as alusivas ao budismo. O mármore e a madeira também sempre foram muito usados na feitura de imagens. O respeito à arte é tanta que os museus mais famosos do mundo, estão no mundo antigo, onde se valoriza muito essa cultura. As Américas seguiram essa tendência, e no Brasil, alguns estados criaram lei obrigando o uso de obras de arte nos prédios. Iniciativa brilhante. Em João Pessoa, há obrigatoriedade por Lei. Com esse propósito, os empresários estão colocando obras de arte nas construções dos edifícios, sob a Lei de Nº 5738, de agosto de 1988. Com o passar do tempo, os empresários reconheceram a importância, e quanto tais obras valorizam as construções, recorrendo então aos Mestres das Artes (artistas Mais >

Onde apreciar trabalhos desse porte:

Flávio Tavares: grande painel no auditório do Estação Ciências, Banco do Brasil, Assembleia Legislativa.

Chico Ferreira: três painéis no viaduto no Centro da Cidade, e em diversos prédios da grande João Pessoa. Chico é o único Artista Paraibano com trabalho no museu da China.

Miguel dos Santos: na entrada do Hotel Atlântico Cabo Branco, e vários totens na recepção.

Régis Cavalcanti: entre tantos registros, no Haal de entrada do Hotel Tambaú, com dois trabalhos.

Wilson Figueiredo: escultura no Carrefoul, na Universidade Federal, e em prédios da cidade. Por ironia, os painéis do Viaduto, obras de Chico Ferreira e do saudoso Eupídio Dantas (seis painéis), exatamente ela que exige as obras de arte nos prédios, estão abandonadas pela prefeitura, sujas e sem manutenção.

 

Fernando Duarte

Jornalista – Membro do Conselho da Abrajet Nacional

Entidades parceiras e Embratur reforçam apoio e participação na 45ª ABAV Expo e 48º Encontro Comercial Braztoa

Primeiras novidades foram apresentadas  durante coletiva de imprensa promovida na sede da ABAV Nacional

Na foto, com o presidente da ABAV Nacional, Edmar Bull, e da presidente da Braztoa, Magda Nassar, os dirigentes das entidades parceiras Gervásio Tanabe (Abracorp), Fernando Santos (Aviesp), Rui Alves (Air Tkt), e Marco Ferraz (Clia Abremar), além de Romano Pansera, consultor da Promovisão, e Gilson Lira, diretor de Inteligência Competitiva e Promoção Turística da Embratur

Os presidentes da ABAV Nacional, Edmar Bull, e da Braztoa, Magda Nassar, promoveram uma coletiva de imprensa para lançar oficialmente a 45ª ABAV Expo Internacional de Turismo & 48º Encontro Comercial Braztoa, que se realizará de 27 a 29 de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo. A exemplo do ano passado, a edição deste ano contará com apoio e participação ativa de entidades parceiras e congêneres, reforçando seu posicionamento de liderança entre as feiras do setor com as melhores oportunidades para a realização de negócios, aquisição de conhecimento e relacionamento entre os mais variados players da cadeia turística. O modelo, estabelecido com ênfase na edição passada, agradou expositores e visitantes, que se configuraram em um público altamente qualificado e com participação direta na tomada de decisões. Mantém-se neste contexto espaços Mais >

Algumas novidades:

 

Visando atender a demanda do mercado por produtos diferenciados, a edição deste ano contará com duas áreas inéditas – uma destinada ao segmento luxo e outra ao turismo especializado, esta incluindo rodadas de negócios, e ambas ainda com os projetos em fase de desenvolvimento e alinhamento de parcerias. O programa de compradores convidados (Hosted Buyers) também se apresentará este ano com um projeto inovador e mais abrangente, o que inclui a adoção de mais tecnologia no desenvolvimento de uma ferramenta similar ao modelo das grandes feiras internacionais, possibilitando um agendamento mais prático e eficiente, sempre visando a captação de profissionais qualificados dentro desse já seleto grupo. A capacitação do público, por meio da programação do Congresso ABAV de Turismo, continuará como prioridade em 2017, e por isso a Vila do Saber terá seu espaço e conteúdo ampliados, sempre sob a coordenação do ICCABAV. “O sucesso da feira é marcado pelo trabalho em conjunto entre as entidades, que fica evidente na vasta gama de produtos e opções que o evento oferece. Tanta diversidade só é possível com união de esforços. Nosso principal objetivo é aumentar a participação de destinos internacionais, além de fazer com que eles percebam que a feira oferece Mais >

MARTA ROSSI CEO ROSSI & ZORZANELLO

Marta Maria Rossi nasceu em Gramado em 1956. Filha de um casal de empreendedores, sempre foi estimulada a buscar o melhor das oportunidades. Aos 17 anos, começou a trabalhar na Prefeitura de Gramado, junto à Secretaria de Educação e Cultura, desenvolvendo projetos que integravam os diferentes grupos culturais da cidade – de adolescentes a artesãos. Empreendedora, dinâmica e determinada, entre 1977 e 1979, juntamente com três colegas da Faculdade de Comunicação, criou e executou “house organs” em empresas e entidades do Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul. Em 1979, assumiu o Departamento de Relações Públicas da Indústria de Calçados Ortopé e também a gerência do Jornal de Gramado, trabalhando na implantação deste importante veículo de comunicação, cuja imagem com a cidade está intimamente ligada. Em 1980, ao assumir a gerência de Relações Públicas do Hotel Serra Azul, a veia empreendedora novamente se destacou. Marta implantou um projeto de lazer, inexistente na época na Serra Gaúcha mudando o conceito do hotel em relação ao cliente e implantando um dos primeiros cartões de crédito na hotelaria. Com a fidelização dos clientes o hotel começou a investir em turismo de negócios. Em 1983, assumiu a Gerência de Marketing do Hotel Serrano, Mais >

PARCERIA E SUCESSO

Era 1988 o Centro de Convenções do Serrano estava em fase de conclusão. Ao lado de Silvia Zorzanello, então gerente geral do hotel, Marta observou uma oportunidade de mercado que despontava pensando em um projeto estratégico. A sociedade foi concretizada e, em 01 de abril de 1988, nascia à empresa Marta Rossi e Silvia Zorzanello Feiras e Empreendimentos, atendendo uma necessidade constatada na época: a inexistência de uma empresa organizadora de eventos na cidade, diante da grande demanda do turismo de negócios. Visionárias, Marta e Silvia logo perceberam outra lacuna que havia no mercado. E, assim, criaram e organizaram em Gramado um pequeno salão de turismo para operadoras e agentes de viagens. Considerando que as decisões nacionais sobre a atividade turística passavam longe do Rio Grande do Sul, as empresárias usaram a grife Gramado e foram aglutinando pequenas, médias e grandes empresas do setor turístico em torno do Festival. O evento, que inicialmente nasceu com o propósito de apresentar o produto turístico gaúcho para o Brasil, fomentando os negócios do setor, transformou-se em um dos maiores eventos de negócios do turismo da América Latina. Logo o Festival alcançou o Brasil, o Mercosul, a América Central e do Norte e expandiu Mais >

NOVOS PRODUTOS

Sempre procurando fomentar negócios turísticos em nível nacional e internacional, sem perder o foco para o benefício regional, a empresa criou outros projetos próprios: o Chocofest, o Acorde Musical e a Gramado Summit. Fiel à missão de viabilizar e realizar eventos e negócios para pessoas físicas e jurídicas no Brasil e no mundo, de forma diferenciada e excelente, com credibilidade e garantia de sucesso, a Rossi & Zorzanello prospecta e executa eventos diversos, tais como congressos, seminários, feiras empresariais, lançamentos de produtos e inaugurações. Com 28 anos a empresa é hoje exemplo de empreendedorismo, sendo reconhecida nacional e internacionalmente e apontada por profissionais do setor como grande incentivadora do desenvolvimento do turismo, da geração de negócios, empregos e renda, tanto para a região, como para o país. Para Marta, o segredo do crescimento sólido e ordenado é saber escutar e executar as demandas e sugestões viáveis da equipe e dos clientes. Aliás, é marca da empresa investir em sua equipe de profissionais. Além de cursos de qualificação, proporciona excelente ambiente de trabalho e oportunidade de crescimento profissional através de cursos e viagens de campo à sua equipe. As demandas dos colaboradores são priorizadas e atendidas dentro de um cronograma estabelecidas Mais >

MEDELÍN

Cidade progresso que encanta entre a tecnologia e simplicidade

Cidade situada a noroeste da Colômbia, a maior cidade e capital da província de Antioquia, a segunda cidade mais populosa da Colômbia é completa, sendo um dos principais centros industriais do país. Engana-se quem imagina uma cidade parada no tempo. Mas, falar o que todos já sabem ou conhecem seria fácil. Queremos abordar os encantos que esta cidade que fica a 1520 m de altitude tem de especial. A primeira impressão foi de uma organização ímpar. Chegamos exatamente no dia da homenagem aos jogadores da Chapecoense que morreram vítimas no acidente aéreo junto com jornalistas e a tripulação da empresa LaMia. A homenagem, que aconteceu no Estádio Anastasio Girardot, contou com mais de 45 mil pessoas e exatamente no horário que seria iniciada a partida do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Uma coincidência de datas que lastimamos pela dor dos muitos parentes que estavam lá. Nesta cerimônia estiveram presentes o Ministro das Relações Exteriores, José Serra; Luciano Buligon, prefeito de Chapecó; Federico Gutiérrez, prefeito de Medellín; e Luis Pérez, governador do estado de Antioquia. Uma homenagem emocionante e muito bonita. Todos vestidos de branco com flores nas mãos e velas. Mais >